23 de junho de 2019

{ PRIMEIRAS IMPRESSÕES } MISTER - E L JAMES







Titulo: Mister 
 Autora: E L James
 Editora: Intrínseca
Paginas: 430
 Sinopse: Uma nova história de amor apaixonante escrita pela autora que arrebatou milhões de corações no mundo todo com a Trilogia Cinquenta tons de cinza.
Depois de vender 7 milhões de livros só no Brasil e de ter três de suas obras transformadas em filmes de sucesso, E L James volta com Mister, um novo romance que vai deixar os leitores sem fôlego até a última página.
Maxim Trevelyan é inglês, bonito, rico, nunca precisou trabalhar e quase nunca dorme sozinho. Essa vida fácil muda quando uma tragédia acontece e Maxim herda um título de nobreza, as propriedades da família e toda a responsabilidade que vem com isso. É um papel para o qual ele não está preparado, e que agora deve se esforçar para desempenhar.
Mas o maior desafio de Maxim vai ser lutar contra a atração por uma jovem enigmática que conheceu recentemente e que guarda um segredo do passado. Discreta, Alessia é misteriosa e sedutora, e logo o desejo de Maxim por ela se transforma em algo que ele nunca experimentou e não ousa nomear. Mas, afinal, quem é Alessia Demachi? O que ela esconde? Maxim será capaz de protegê-la do mal que a ameaça? E o que ela fará quando souber que ele também tem seus segredos?
Do coração de Londres, passando pelo cenário rural da Cornualha até a sombria e ameaçadora beleza dos Bálcãs, Mister é uma história de amor e suspense que vai deixar os leitores de E L James apaixonados.


Oi oi, meus queridos Leitores. Tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje vim trazer as primeiras impressões do livro Mister. Estamos fazendo a leitura coletiva em parceria com a  Intrínseca e demos inicio a leitura dia 14/06 sendo que nossa média diária de leitura é de dois capítulos por dia. Dessa vez eu não vou me aprofundar no enredo - vou deixar isso para resenha- vou falar um pouco sobre os personagens e como está o andamento da história, ok?


Um conselho: Antes de começar a leitura desse livro esqueça o esteriótipo: Christian Grey,  sei que é difícil e foi até para mim por que o Grey tem um lugar no meu coração, mas é necessário, pois o Maxim não tem nada haver com o Grey.

Maxim é carinhoso, atencioso, dócil. Única coisa que percebi que ele tem em comum com o nosso Grey - tirando o fato que são primos- é que o ambos tem aquele senso protetor que fala mais alto. Não é difícil se apaixonar pelo Maxim. Ele está passando por uma situação delicada  pós a morte do irmão e com toda responsabilidade que vem junto com isso. Já prevejo mais um crush literário na minha enorme lista.

 Alessia é uma personagem bem retraída em todos os sentidos. Mesmo diante de tudo isso ela ainda intriga o leitor, pois algo a deixou assim. Confesso que algumas vezes me irritei com os seu pensamentos, porém na medida e que vamos conhecendo melhora história dela entendemos todo o por que dela ser como é. Ela também é uma mocinha ingênua consegue ser ainda mais que a Ana, mas a ingenuidade dela é bem realista e isso me agrada.

Um ponto que é ao mesmo tempo negativo e também positivo é a dupla narração sendo uma em primeira pessoa visando o ponto de vista do Maxim e uma em  terceira pessoa visando o lado da Alessia. Para quem não tem esse habito de troca de narrativas e pontos de vista  a história fica até um pouco confusa, mas eu particularmente gostei. Como a narrativa da Alessia é em terceira pessoa e é ela quem tem uma história no qual o leitor está mais interessado, ficamos limitados há apenas pensamentos e poucos diálogos o que nos leva a uma curiosidade extrema sempre que a narrativa é dela.

 Quanto a personagens secundários já tenho ranço da cunhada do Maxim, sério ela não me desce e quem está lendo sabe muito bem o por que. A mãe dele também é uma mulher que pensa mais em sí do que nos filhos.  Já percebi que alguns personagem vão vim para causar certas incertezas e confusões ao longo da trama. Confesso estar bem ansiosa.


O inicio da leitura estava bem lent, confesso, porém na medida em que as páginas vão passando nos sentimos fisgadas por um enredo cativante. Até o momento estou adorando a leitura.

13 de junho de 2019

{ Leitura Coltiva } Mister - E. L. JAMES



Oi oi, meus queridos Leitores. Tudo bem com vocês?

Vim fazer um convite para os amantes do romance

Quem me acompanha nas redes sociais viu que  juntamente com outros instas literários vamos fazer uma leitura coletiva do novo livro da minha dia E L James. Vamos  ler a sinopse ?



Uma nova história de amor apaixonante escrita pela autora que arrebatou milhões de corações no mundo todo com a Trilogia Cinquenta tons de cinza.
Depois de vender 7 milhões de livros só no Brasil e de ter três de suas obras transformadas em filmes de sucesso, E L James volta com Mister, um novo romance que vai deixar os leitores sem fôlego até a última página.
Maxim Trevelyan é inglês, bonito, rico, nunca precisou trabalhar e quase nunca dorme sozinho. Essa vida fácil muda quando uma tragédia acontece e Maxim herda um título de nobreza, as propriedades da família e toda a responsabilidade que vem com isso. É um papel para o qual ele não está preparado, e que agora deve se esforçar para desempenhar.
Mas o maior desafio de Maxim vai ser lutar contra a atração por uma jovem enigmática que conheceu recentemente e que guarda um segredo do passado. Discreta, Alessia é misteriosa e sedutora, e logo o desejo de Maxim por ela se transforma em algo que ele nunca experimentou e não ousa nomear. Mas, afinal, quem é Alessia Demachi? O que ela esconde? Maxim será capaz de protegê-la do mal que a ameaça? E o que ela fará quando souber que ele também tem seus segredos?
Do coração de Londres, passando pelo cenário rural da Cornualha até a sombria e ameaçadora beleza dos Bálcãs, Mister é uma história de amor e suspense que vai deixar os leitores de E L James apaixonados.



Assim que eu li essa sinopse já fiquei totalmente intrigada para conhecer mais sobre o  Maxim, já prevejo mais um crush literário entrando na minha lista. Para participar é muito fácil, basta usar a tag #LENDOMISTER  no instagram e se tiver interesse em entrar no grupo do whatsapp é só me mandar um direct lá no instagram @entrelivroseamores.

 Como vai funcionar?

  • A leitura vai começar dia 14/06 e vai até dia 30/06.
  • Serão dois capítulos por dia
  • Caso queira comentar ou postar uma foto pode usar a tag #LendoMister  e marcar as organizadoras
  •  Temos um grupo no whatsapp onde iremos discutir sobre nossa leitura. 


Sempre que tiver alguma novidade iremos falar  para vocês. Caso ainda não tenha comprado o livro vou deixar o link de comprar aqui!
 Espero você, em? 





 

11 de junho de 2019

{Resenha} A Casa dos Novos Começos

Titulo: A Casa dos novos começos
Autora: Lucy Diamond
Editora:  Arqueiro
Páginas: 320
Sinopse:A CASA DOS NOVOS COMEÇOS FAZ PARTE DE UMA NOVA COLEÇÃO DE ROMANCES DA EDITORA ARQUEIRO, “ROMANCES DE HOJE”.
Um romance que mescla humor, temas sérios - como perda e luto - e as responsabilidades de mulheres contemporâneas.
Em uma casa elegante próxima à orla, três moradoras têm mais em comum do que imaginam...
Uma terrível descoberta leva Rosa a largar uma carreira de sucesso em Londres e, num impulso, recomeçar a vida como sous-chef em Brighton. O trabalho é árduo e estressante, mas a distrai. Bem, pelo menos até ela conhecer a adolescente emburrada que mora no apartamento ao lado, que a faz questionar suas escolhas.
Georgie se muda para o Sul com o namorado, Simon, atrás de uma incrível oportunidade... para a carreira dele. Mas ela está determinada a ser bem-sucedida como jornalista e faz de tudo para trabalhar para uma revista local. A princípio, a cidade parece recebê-la de braços abertos, mas não vai demorar muito até ela se meter em várias enrascadas.
Após uma grande tragédia, Charlotte passa as noites isolada em seu apartamento. Porém, Margot, uma senhorinha estilosa que mora no último andar, tem outros planos para ela. Querendo ou não, Charlotte vai precisar encarar o mundo real... e todas as suas possibilidades.
Quando as três se conhecem, a esperança renasce, a amizade floresce e um novo capítulo se inicia na vida dessas mulheres.


Oi oi oi pessoal, tudo bem com vocês?
Hoje, trago a resenha dessa livro que estava bem curiosa para ler, então vem comigo saber o que eu achei dessa leitura.




A casa dos novos começos nos conta a história de três mulheres com histórias e personalidades bem diferentes, mas que apesar disso, todas estão em momentos de transição em suas vidas e é quando os caminhos delas se cruzam que as coisas passam a entrar nos eixos.

Georgie é uma jovem apaixonada que decide se mudar para o sul quando seu namorado, Simon, recebe uma proposta de emprego. Ao chegar na nova cidade, ela se sente um pouco deslocada e um tanto quanto solitária, isso porque Simon passa muito tempo no seu novo emprego e acaba deixando Georgie um pouco de lado.
Ao mesmo tempo em que tenta se aproximar com alguém na nova cidade, manter suas antigas amizades e lidar com a ausensia de carinho do seu amado, Georgie decide procurar um trabalho como jornalista, algo que ela sempre teve vontade. E é quando ela consegue esse emprego, numa revista local, que sua vida muda da água para o vinho.

Rosa tinha uma carreira de sucesso e bastante renomada, mas decide desistir de tudo após passar por uma decepção amorosa. Ela agora trabalha com o que realmente gosta - a gastronomia - mas tem um emprego para lá de exaustivo, além de um chefe extremamente grosso e abusivo.
Em um dia qualquer, após mais um longo turno de trabalho, Rosa vê sua vizinha Jo sendo levada por uma ambulância, e a pedidos da sua vizinha, ela passa a tomar conta de sua filha e apesar de mais uma responsabilidade nos ombros de Rosa, essa proximidade pode vir a ser algo positivo em sua vida.

Charlotte, para mim, é a personagem mais complexa do livro.
Ela perdeu sua filha e tem dificuldades de seguir em frente, separou-se do seu marido e vive na pousada a bastante tempo mas não consegue se aproximar de ninguém, nem mesmo o pessoal do trabalho, e é somente após o seu trabalho lançar uma programa de proximidade com alguém da melhor idade, que Charlie passa a conhecer e se abrir para sua vizinha, Margot, uma senhorinha que mora no último andar, para lá de estilosa e que tem um plano para Charlotte que é bem diferente das noites solitárias que ela tinha.



Vou começar falando dessa edição da Editora Arqueiro que trata-se da nova coleção "Romances de Hoje"e está um espetáculo a parte!
Não só essa obra, mas todos os outros títulos do selo "Romances de Hoje" estão um verdadeiro capricho sem falar nas capas estão incríveis, onde vemos um trabalho repleto de atenção e carinho por parte da Arqueiro.

A casa dos novos começos, além de ter uma capa com ilustração belíssima, e com detalhes dourados no título tem sua diagramação impecável, sem falar da revisão que está perfeita - é muito chato quando vamos ler um livro e achamos vários erros, não é? -  Tenho que dar os parabéns a editora Arqueiro pelo trabalho.

Sobre a leitura, gostei bastante desse primeiro contato que tive com a autora, Lucy Diamond, adorei o fato das três personagens principais morarem no mesmo prédio mas demorarem para se conhecer - quase ninguém conhece seus vizinhos hoje em dia, não é mesmo? - sem falar que o fato de cada uma ter um passado diferente enriqueceu bastante a história, pois a autora conseguiu abordar vários temas diferentes, e apesar dos temas pesados a leitura não é densa.

O livro é muito bom, mas senti falta de uma plot twist, sabe? Até mesmo o relacionamento antigo da Rosa não trouxe nada de surpreendente a leitura. Sem falar que depois de um tempo, o leitor já pode ir percebendo aonde tudo aquilo vai terminar.




A casa dos novos começos é um livro que nos apresenta personagens bem construídos - tantos primários, quanto secundários - com uma história bem interessante, mas que falta um pouquinho de tempero.
Acho que pelo fato de já ter uma noção aonde tudo ia dar, não fiquei ansiando para terminar o livro, nem com aquele sentimento de "preciso ler mais um capítulo". É um livro bom, agradável, mas que poderia ser muuuito melhor.



7 de junho de 2019

Tudo sobre, Gatunas!


Oioioi pessoal,

Hoje vim falar aqui com vocês sobre um super lançamento da Editora Astral Cultural que é o livro GATUNAS.

A capa do livro foi revelada essa semana e está mais do que maravilhosa!!!



Trinkets (titulo original) foi lançado em março de 2013 e é da autoria da Kirten Smith, co-roterista dos filmes que marcaram minhas tardes com muita dose de humor e romance "Legalmente Loira" "10 coisas que eu odeio em você", "A verdade nua e crua",  "Ela é o Cara".
O sucesso foi tão grande que o livro vai virar série da Netflix!
Isso mesmo, se você estava procurando por uma leitura e/ou uma serie GATUNAS (título em português) tem tudo para ser uma escolha perfeita para ganhar o seu coração.


Filmes da Co-roterista, Kirten Smith, autora de GATUNAS.
O livro vai contar a história de três adolescentes - Tabitha, Moe e Elodie - que não tem nada em comum, a não ser o fato delas serem cleptomaníacas, isso mesmo que você leu, elas tem o costume de roubar coisas.
Conheça um pouco mais sobre duas das personagens principais:
 



Eu tive a oportunidade de ler o primeiro capítulo e posso afirmar para vocês que a escrita da autora é muito fluida e envolvente, assim que finalizei o capitulo fiquei ansiando para ler mais e poder saber aonde aquela trama daria - e pelo andar da carruagem, vai dar em muita confusão -. O livro é narrado sobre várias perspectivas, o que acaba nos aproximando de todos os personagens.


Gatunas será lançado no dia 18 de junho, e já está em pré-venda na Saraiva
link para compra: https://www.saraiva.com.br/gatunas-amizade-nao-tem-preco-o-resto-a-gente-pode-roubar-10563008.html

Sobre a série, ela será lançada aqui no dia 14 de junho, vou deixar o trailer aqui para vocês conferirem e conhecer um pouco mais sobre a trama.




Agora me fala, ficou curioso? Pretende ler o livro?

Quer saber mais sobre o livro Gatunas? Segue a @astral.cultural e @pausaparalivros
Para conhecer mais sobre o elenco e a série na Netflix, segue o @trinkets

Então é isso pessoal, estou mega animada com esse lançamento da Astral Cultural e assim que eu ler o livro, volto aqui para falar para vocês o que eu achei da leitura.

5 de junho de 2019

Resenha: The Chase


 Titulo:  The Chase
Autora: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Páginas:442
Sinopse:Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.
Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.
E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.
Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…Ele sabe onde me encontrar.

Oi oi, meus queridos leitores, tudo bem com vocês?  Eu espero que sim. Hoje vim trazer resenha de um livro que assim que saiu eu surtei, pois amo  a autora e estou falando da nova série da Elle Kennedy- "Briar U".  Que nada mais é do que o spin-off da série  Amores improváveis   que é um verdadeiro sucesso, nesse primeiro livro  The Chase, vamos conhecer a história da irmão do Dean e de seu amigo Colin. Vamos saber o que eu achei de The Chase?



 Summer é uma patricinha assumida e amante das roupas de grife e não faz questão de esconder isso de ninguém. Sempre teve uma vida boa, pois seus pais são advogados de grande renome e tudo eles dão  um jeito para ela, mas agora não será tão fácil, pois ela foi convidada a se retirar da faculdade, pois colocou fogo no alojamento. Todo mundo sabe que Summer é autentica e ama uma boa festa regada a bebida e diversão. Quando ela chega a Briar  toda empolgada, pois ia fazer parte de uma fraternidade onde sua família era lenda, mas para sua surpresa a líder da fraternidade não há aceitou, pois disse que ela poderia manchar a reputação da fraternidade. 

Mesmo ficando indignada ela respirou fundo e ligou para Dean, para vê se eu irmão poderia ajuda-la e eis que ele tem uma ideia muito louca dela ir morar com alguns dos seus amigos. Summer fica pensativa, pois ela tem uma queda enorme por Colin, mas ele não parece está muito interessado nela. 
Eles acabam todos indo passar ano novo com Dean e o resto da equipe e dos antigos jogadores da Briar e mesmo sentindo aquela atração enorme  por Colin  Summer tenta ser amiga dele e conversar. Ela da uma saidinha e quando volta escuta Colin falando para um dos amigos o quanto a achava superficial. 

Colin é lindo, mas não tem noção do quanto sua beleza é atraente aos olhos de outras pessoas. Ele faz mais o tipo nerd: cria jogos e ama livros, mas também é uma das estrelas do time de hóquei da Briar. E desde sempre tem um interesse fora do comum em Summer, mas ele sabe que isso nunca poderá dar certo, pois Dean é seu grande amigo e nunca o perdoaria se caso alguma coisa desse errado entre os dois.  Então quando está dando meia noite ele olha para trás e vê Summer  beijando seu amigo e isso o irrita mais do que ele possa imaginar. 

Os meninos  viajam então Summer tem que levar suas coisas para sua nova casa e está muito nervosa e eis que ela conhece Brenna a filha do  técnico dos meninos e ela a encoraja a ir lá e fingir que nada aconteceu, porém não é bem assim que as coisas funcionam, pois a chama de desejo que está dentro de Summer ainda está bem acesa.  E isso causa algumas situações entre eles. Colin tem uma paixão secreta por Summer e nem sonha que ela sente o mesmo e obviamente tem o lance da lealdade entre amigos já que o seu colega tinha a beijado primeiro.


 Summer  tem déficit de atenção e mesmo assim se esforça muito para conseguir tirar notas altas. Ela cursa moda e sabe que tem talento para isso já que reconhece uma marca de longe. Então um professor muito influente começa dar aulas para ela, mas Summer fica confusa, pois o que parece ser apenas uma mentoria está se tornando algo desagradável.  Colin resolve ajuda-la com o trabalho se ela o deixar desenha-la para o seu próximo game. Entre brigas e amores Colin e Summer vão em busca da felicidade e de algo a mais, mas será que a felicidade faz parte do destino dos dois?

 Amei!


 Ainda estou sem palavras para esse livro, bom ele não foi meu favorito, mas foi por uma coisa ou outra, mas mesmo assim amei o livro como um todo e o melhor de tudo pude matar a saudade dos meus meninos da Briar, gente sério me emocionei muito vendo como eles estão depois da Briar, da um quentinho no coração, sabe?

Summer: Meu deus do céu, como eu me identifiquei com essa personagem em todos os sentidos, pois ela é sem um pingo de papas na língua e o que ela ta pensando ela fala mesmo. De inicio achamos que ela é apenas uma personagem fútil que está ali só para mostrar o quanto de dinheiro cabe na sua bolsa chanel, mas ela é incrível. Como eu citei acima ela tem dificuldade de aprendizagem o que hoje em dia é comum, mas ela não se deixa abater ela quer sempre da o seu melhor e sempre ser o melhor para todos aqueles que estão perto dela. Ela é incrível de todas as maneiras que vocês possam imaginar. Vou fazer um post só de quotes, por que a cada vez que ela falava eu coloca um post-it.  Uma coisa que me chamou atenção nela que ela é irônica e isso mata a gente de rir.  Summer é muito mais do que ela deixa transparecer.

Colin é um personagem muito fácil de se identificar, ao contrario dos outros atletas ele não gosta de ser o centro das atenções e isso tem haver com a vida que ele levou quando era criança e tudo que ele passou com o divorcio dos pais. Ele tem algumas atitudes que realmente não dá para defender, mas que também tentamos entender o lado dele. Ele é totalmente leal aos seu amigos e aqueles que ama e isso é muito bonito de se ver. Ele luta até o fim para renegar o que sente, mas quando ele resolve aceitar a história ainda fica mais bonita. Achei bacana a Elle colocar um personagem que não é tão pegador e sim mais retraído, pois a maioria dos meninos de Amores improváveis ou eram pegadores ou galinhas de mão cheia. Colin tem um lugar no meu coração !


Os personagens secundários são uns amores, mas a que eu mais amei foi a Brenna filha do treinador e não sei por que tenho uma ligeira impressão que a tia Elle vai fazer um livro pra ela, pois ela ganha destaque nesse livro. Ela é autentica e ama hóquei e está em todos os jogos e a autora deixou um romance no ar. Tudo indica também que o amigo de Colin também terá um livro, pois a Summer partiu o coração dele. E o melhor de tudo é que temos nossos ex-jogadores da Briar como personagens secundários e podemos acompanhar nem que seja por poucas linhas um pouco de como está a voda de cada um.

O livro tem um lado sensual, mas não é aquela coisa escrota e sim algo realmente sexy e de inicio é mais a imaginação e comentários sarcásticos entre os personagens. As cenas hot são bem construídas e elaboradas e se você quiser simplesmente pular as cenas e continuar lendo o livro não terá nenhuma interferência na história.

 Elle trouxe temas importantes para esse livro como por exemplo o assédio sexual entre professor e aluno e achei muito bem desenvolvida essa questão e o  modo como ela abordou é a realidade de muitas pessoas, pois de inicio ninguém acredita até que tudo começa a fazer sentido. Temos também o Déficit de atenção que assim como o assédio foi muito bem explorado pela autora, víamos o quanto Summer sofria por não conseguir se concentrar.

A narração é toda feita em primeira pessoa pelo ponto de vista de ambos e eu amo esse tipo de narrativa. A diagramação é simples, mas bem bonita assim como a fonte. A capa do livro é maravilhosa e não sei se sou a única, mas acho que lembra um pouco as dos outros livros. A leitura foi super fluida terminei esse livro em menos de dois dias e mesmo assim por que não queria que o livro acabasse.  Estou  louca para poder ler os outros livros da série, por que é Elle Kennedy né meus amores?


Em suma é um livro maravilhoso  que vai fazer seu coração disparar em diversos momentos e fazer você matar a saudade dos meninos da Briar. E ai está preparada para voltar para os jogos de hóquei? 

3 de junho de 2019

Resenha: Nos Meus sonhos Te amei

 Titulo: No meu sonho te amei 
 Autora: Abbi Glines
 Editora:  Arqueiro
Páginas: 240
Sinopse:Com 500 mil livros vendidos no Brasil, Abbi Glines é autora do best-seller Paixão sem limites e de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, do USA Today e do The Wall Street Journal.
Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde.
Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.
Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta.


Oi oi, meus queridos Leitores. Tudo bem com você?
Hoje vim trazer resenha de um livro que desde o lançamento não via a hora de fazer a leitura.Quando vi a oportunidade de solicitar esse livro não pensei duas vezes, pois amo a escrita da Abbi e sabia que seria uma leitura rápida. Vamos conhecer um pouco mais sobre  Em meus sonhos te amei?

 Vale é uma jovem cheia de vida que tem um namorado desde muito nova e tem planos com ele para a vida toda e um deles é a faculdade. Na noite de formatura eles estavam indo embora quando sofreram um acidente. Esse acidente mudou a vida de Vale, pois agora seu namorado está em coma e ela se vê todos os dias no hospital. Agora a sua vida é viver pelo Crawford . Ela quer esta no hospital quando ele acordar e acaba esquecendo que ela esta viva, que eles tinham planos. 


 Slate é um cara com uma fama não lá muito boa, é o pegar da faculdade e arrasa o coração das garotas. Ele está com seu tio internado e não se conforma em vê todos os dias  uma garota sozinha e acaba tentando conversar com ela e sem sucesso, por que ela é um tanto arrogante, pelo menos foi o que pareceu. Vale não estava sendo simpática com ele, mas fazia parte. Então em um dia  Knox seu irmão estava no hospital e ela descobre que ele é amigo do cara que ela estava conversando outro dia. 

A família de Vale quer uma posição dela sobre a faculdade, pois o verão está acabando e eles já tinham pagado o dormitório e todas as despesas da faculdade, mas ela se sentia culpada se fosse viver longe do namorado era como se ela tivesse vivendo um sonho dos dos sozinha. Um dia a mãe de Crawford foi bem sincera com Vale falando que o seu filho queria que ele fosse a faculdade e que fizesse as coisas, pois não queria que o filho já acordasse com sentimento de culpa por ela não ter seguido. Depois de muita reluta ela aceitou e sabia que na faculdade teria Slate que com o passar dos dias acabou virando seu amigo e seu irmão Knox para lhe ajudar.



Chegando na faculdade ela estava em um território diferente, mas que de certo modo lhe agradava. Dividia quarto com uma patricinha que parecia a própria Barbie e para apaixonar era mais uma do fã clube enorme que Slate tinha. Ela acaba fazendo amizade com Mae, uma garota muito bacana que já a acolhe de cara. O tempo foi passando e Vale conseguia distrair para não ficar pensando no seu namorado toda hora.  Com o passar dos dias ela foi se aproximando cada vez mais de Slate, mas eles eram só amigos, mas as pessoas achavam que não que ou tinha algo a mais ou ela era lésbica, Vale adorava tudo que estava acontecendo, ela estava trabalhando, estava tentando seguir a vida e acaba sentindo algo poer Slate.

 O que Vale nunca imaginou é que nunca se sentiria tão bem, pois ao lado de Crawford ela se sentia minima, pois ele sempre gostava de ser o centro das atenções, ela só fazia as coisas para agrada-lo e esquecia dela mesma. Slate estava sempre presente e eles acabam sentindo algo um pelo outro. As coisas estão indo bem: Vale tem um emprego, está se dando bem com Slate, fazendo amigos e de bem com a vida, quando tudo muda você se questiona: E se......


QUE LIVRO MEUS AMIGOS, QUE LIVRO....

 Gente, eu ainda não tenho palavras para falar desse livro, pois a Abbi fez uma reviravolta nessa história que estou impactada até agora, sério, essa mulher é um gênio. Eu peguei o livro para ler, pois já sabia que seria uma leitura rápida, pois a escrita da autora é maravilhosa e me surpreendi quando fui fisgada por um enredo que de inicio era clichê e depois vira algo viciante e fora do que esperávamos. O livro é dividido em duas partes e quando chegamos na segunda, você fica MEEEEEEEEEEEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS. Juro eu não esperava de maneira nenhuma,mas deu uma virada na história que eu acho que ninguém esperava. Eu amei essa jogada, por que trouxe algo a mais e surpreendeu os leitores de uma maneira positiva. 



Vale é uma personagem que de inicio devido algumas atitudes não fui muito com a cara dela. Eu entendia tudo que ela tava passando, mas as vezes a achava egoísta com sua família, pois eles tentavam ver o lado dela, mas por diversas vezes ela não via os deles. Só comecei a gostar dela depois que ela foi pra faculdade. Quando o irmão dela conta que Slate é um pegador e que ela  pode ser uma conquista pra ele, Vale não perde a oportunidade de jogar  isso na cara dele de uma maneira tão grossa que eu achei totalmente sem necessidade e me fez pegar um ranço momentaneamente dela. Mas depois me vi encantada por uma Vale totalmente diferente que eu queria muito ter a oportunidade de ser sua amiga.

Slate foi um personagem que eu amei de cara, acho que é por que tenho um gosto errado para personagem literário, amo os badboys, canalhas e por ai vai.  Ele pode ser o galinha que for, mas é dono de um coração que poucas pessoas tem. Ele é um amor em todos os sentidos. Quem se envolve com ele sabe muito bem onde está se metendo então não pode julga-lo por isso. Quanto mais eu conhecia ele mais eu queria conhecer e achei isso incrível. 

 Crawford foi um personagem que no inicio eu me simpatizei com ele, mas depois eu não o suportava por que vi um lado dele que não conhecíamos. Ele se mostrou um verdadeiro babaca em diversas situações. Esperava muito mais dele ainda mais depois de tantos anos com a Vale. 

 Os personagens secundários  são uns amores, a Mae é uma personagem que me matou de rir com sua espontaneidade, temos o Knox que é o irmão da Vale que faz o tipico irmão mais velho e que é um amor,  tem a colega de quarto da Vale que é uma cobra em forma de Barbie. A ambientação do campus é maravilhosa, acho esse ambiente estudantil muito agradável.  As situações criadas juntamente com os peonagens secundários  são essenciais para o desenvolvimento da trama. 



A diagramação do livro é bem simples, mas linda. A capa me chama muita atenção. A narração em dado momento e em primeira pessoa visando o ponto de vista da Vale e na segunda parte é o ponto de vista dos dois. Como eu havia dito o livro da uma reviravolta que não conseguimos larga-lo e para mim foi um dos melhores livros da Abbi, quero mais história desses dois.

Em suma é um livro extremamente viciante e com uma leitura fluida e envolvente. Indico de olhos fechados para os apaixonados por romance 

15 de maio de 2019

Série: Jane The Virgin



Oi oi, meus queridos Leitores.
Hoje vim falar de uma série que eu não sei por que demorei tanto tempo para assistir, sério estou me odiando. Jane the Virgin, lembro de quando ela lançou e se não me engano passava em um dos canais da TV fechada, era soltado capítulos semanalmente e mesmo com uma curiosidade enorme diante da premissa da série deixei pra la. Esses dias olhando algumas opções no netflix me deparei com Jane e falei  agora vai comecei a assistir sem nenhum pretensão e quando percebi já estava devorando a série sem ao menos conseguir dormir. Vamos conhecer um pouco mais sobre a história de  Jane a Virgem


Jane é uma jovem muito esforçada, trabalha em um hotel como garçonete  para ajudar em casa e na faculdade. Ela mora juntamente com sua mãe e sua avó. Quando Jane era mais nova sua avó lhe entregou uma rosa branca e pediu para que ela apertasse forte a rosa na mãe e vesse o que acontecia. Quando Jane abriu a mão a rosa estava toda feia e destruída e sua vó falou que era a mesma coisa que aconteceria com ela caso ela perdesse a virgindade antes do casamento

Jane então usou isso como um mantra, resolveu ficar virgem até  o seu casamento. Ela namora Michel um detetive  que ama ela mais que tudo nessa vida e é um cara de bem que toda sua família ama. E ele não vê a hora de casar com a Jane. O sonho de Jane era se formar na faculdade e ser escritora.  Jane é apaixonada com um ator de novela na qual ela e sua família são viciadas.


Em um dia tranquilo em seu serviço Jane avista Rafael, um homem no qual ela havia beijado anos atrás e que teve uma paixão platônica por ele durante um bom tempo e fazia muito tempo que ela não o via e para sua surpresa maior ele era o dono do hotel que ela trabalha e para piorar a situação ele estava lindamente casado com a Petra.






















Jane então vai a ginecologista, mas ao chegar lá acaba sendo inseminada, mas até então ela não sabia, A médica só percebe o erro quando chega na outra sala e percebe que sua cunhada Petra está esperando para ser inseminada. Eis então que Luíza percebe a burrada que fez ela inseminou com a última amostra de sêmen do irmão uma mulher que não era sua esposa. Luíza simplesmente se agarrou na probabilidade da inseminação de Jane ter dado errado.


Passam-se uns dias e Jane passa mal no ônibus e é levada há um hospital. Chegando lá o enfermeiro informa que ela está gravida. Ela e sua mãe olha para cara do enfermeiro e sorri, perguntando como ela poderia está gravida se ela é virgem? Então para não ter erro ele repete o teste na frente delas. Jane super assustada liga para Luíza que pede que ela vá até seu consultório. Chegando lá Luiza conta toda verdade para Jane e explica que ela a inseminou acidentalmente com o esperma do Rafael.


A vida de Jane vira de cabeça para baixo, pois ela nunca imaginou ser mãe. Teria que contar para o seu noivo que estava gravida, mas que ainda era virgem, teria que ter contato com o Rafael. E no meio dessa confusão toda Jane acaba conhecendo seu pai e leva o maior susto ao descobri quem ele é.


Vamos então convivendo com Jane, Michel e Rafael. Vamos passando por todas as incertezas da maternidade, as dificuldades e o acolhimento da família.  Com quem sera que Jane vai ficar?



É um série que equilibra desde o bom drama mexicano até o bom suspense de Hollywood.

AMEI COM TODAS AS FORÇAS!

Como eu havia dito me culpei demais por não ter assistido antes, confesso que por algumas vezes quis lagar a série por alguns motivos que vou citar a seguir, mas que nem eles foram suficientes para me fazer querer parar.


Aqui temos um plano familiar maravilhoso e acho que isso trás toda grandeza a série, pois de certo modo não são uma família tradicional, vivem dentro de costumes e pregam a fé, mas também vemos o outro lado, como por exemplo: A Jane é super religiosa e o Rafael não, em momento nenhum Jane tenta por a sua fé nele, eles se respeitam e isso é muito interessante.

















Jane: É  uma personagem que te mata de rir, por que vemos os pensamentos dela e tenho que tirar  chapéu para ela, por que passou por pouca e boas e quando foi mãe ela virou aquela mãe leão. O que eu não gosto na Jane, mas que mesmo assim ainda compreendo é o lado dela de querer ajudar todo mundo e acabar piorando as coisas no final. E por muitas vezes ela julgou sua mãe sem perceber que ela estava errada, assim como fez com as demais pessoas. Mas acho que isso é fraqueza de todo ser humano, achar que está ajudando sendo que na verdade era melhor deixar como está. Assim como Jane fui mãe nova e pude me identificar com várias incertezas que ela teve então isso me fez gostar muito mais dela.


Rafael é um personagem que você vai conhecendo e amando aos poucos, muita gente acha que ele é apenas o riquinho mimado, mas poucos realmente sabem ao fundo o que ele já passou. Ele é um mega pai e eu fiquei boba como ele sempre coloca os filhos em primeiro lugar, não que os homens não façam isso, mas o jeito que ele faz foi algo emocionante. Ele tem suas qualidades e defeitos, mas mesmo assim é um homem de bom coração que está disposto a fazer tudo por aqueles que amam.


 Michel ele é um amorzinho as vezes chega ser até bobo de tão calmo, mas é um personagem que sempre tenta pregar a paz e é apaixonado pela Jane. Sua vida como policial é bem agitada, mas nem por isso ele deixa Jane de lado. E quando a coisa aperta ele sempre quer está ali do lado dela para o que der e  vier. Ele foi maduro o suficiente para encarar a situação de peito aberto.


Mãe da Jane é uma figura, pois ela é uma jovem presa no corpo de uma mulher que já é avó,  ela tem sonhos e ela quer vive-los e uma das coisas que me deixava chateada era que as vezes sem perceber a Jane desmotivava a mãe e logo ela que sempre a apoiou em tudo. A  Vó
 da Jane é outra que nos mata de rir com as situações e que quando vamos descobrindo a história dela começamos a entender o por que dela se tão rigorosa em algumas coisas com a mãe e com a filha.  Petra  é a  esposa/ ex-esposa do Rafael, que nos temos um mix de amor e ódio por ela, mas que no fim você  só quer abraça-la.



Todos os personagens trás consigo uma história que vamos conhecendo aos poucos e começa ser compreensível as atitudes. Temos cenas de ação que ficamos com o coração na mão. E pela primeira vez em um triangulo amoro eu não sabia para quem torcer por eu achava que ambos merecia a Jane, e teve algumas vezes que eu achava que era ela quem não merecia eles. A Série é cômica, nos faz pensar em diversas situações e o melhor de tudo nos faz identificar e querer fazer parte daquela loucura que é a família Villanueva . Estou assistindo a quinta temporada que ainda está sendo colocada aos poucos e espero amar essa última temporada, pois eu amei a série com todo meu coração.



Em suma é uma série que talvez de inicio você não dê nada, mas quando percebe já não consegue parar de assistir e já está fazendo parta da família Villanueva.


8 de maio de 2019

Clube "Cosplay"

Oioi, olha quem voltou!!
 
Euzinha, sumi por aqui mas já voltei a dar as caras, e com uma ideia maravilhosa! - pelo menos eu achei maravilhosa, né?! hahaha.

Quem aqui conhece e ama a Emma Watson?! TODO MUNDO? Foi o que eu pensei hahaha
Enfim, a Emma além de ser uma atriz maravilhosa, é uma mulher brilhante e criou um clube do livro chamado "Our Shared Shelf" que traduzido ao pé da letra seria "Nossa Estante Compartilhada". E nesse clube do livro a cada dois meses um livro é selecionado e lido em conjunto, depois todas as pessoas que estão no grupo comentam sobre os tópicos abordados no livro.
Legal essa ideia, né?

Vou deixar o link do grupo aqui para as pessoas que leem em inglês e querem participar do Our Shared Shelf:
https://www.goodreads.com/group/show/179584-our-shared-shelf

Emma, plena e empoderada com seus livros feministas.

Como desconheço um clube de leitura desse estilo aqui no Brasil, decidi criar um para todos nós, EBAAAA!! {espaço para vocês gritarem "eba" comigo}

Como funcionaria o Clube do Livro?


A ideia seria fazer o COSPLAY do clube da Emma Watson mesmo.
A cada dois meses votaríamos e escolheríamos um livro que já tenha sido lido pelo clube Our Shared Shelf e que tenha traduzido aqui no Brasil.


Só vai ter livro a cada dois meses?


Não mores.
A ideia principal é ler os livros do clube da Emma e fazer no mesmo estilo dela, que seria ler a cada 2 meses. Mas para aquelas pessoas que conseguem ler um pouco mais e conseguirem cumprir a meta de leitura em um mês, a cada 30 dias haverá a escolha de um outro livro para ler lido e comentado.

E qual será o "sublivro" ?

Estamos trabalhando com COSPLAYS aqui não é mesmo? Então o outro livro que será lido poderá ser algum de outro clube do livro de famoso, tem o da Reese Witherspoon, Oprah, Emma Roberts, Sarah Jessica Parker, entre outros...

Por exemplo:
MAIO - JUNHO:  Leitura Principal - A Redoma de vidro (clube do livro da Emma)
para as pessoas que já tiverem lido o livro todo no mês de maio e quiserem ler outro...
JUNHO: Subleitura - A garota no trem (clube do livro da Reese Witherspoon)

E como será a escolha dos livros? 

 

Colocarei uma listinha de livros - onde vocês saberão a sinopse e o preço de cada um - e o livro será escolhido por VOTAÇÃO, o livro mais votado será o livro lido. Vai ser o voto democrático real oficial. VIVAAAAA!!!


E aonde vamos debater sobre os livros?

 

Será criado grupos de debate para leitura, podendo ser no skoob (minha escolha preferida), no facebook, ou aqui pelo blog mesmo. Mas para isso, haverá uma votação e vocês que vão escolher aonde será o grupo de debate, a maioria vence!! huhuuuu

Que lindo, que belo, que deuso... como eu faço para entrar?

 

Quem quiser fazer parte desse grupo, tem que preencher o formulário que eu vou deixar aqui.
E aí de acordo com a inscrição e o voto da maioria.
Cada um receberá um e-mail com o link do grupo do clube, AI QUE EMOÇÃO!!!


FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO:


 https://forms.gle/MhQKpaVfKpmsQXQ5A


6 de maio de 2019

{LANÇAMENTOS} #Acredite




 Oi oi, meus queridos Leitores. Tudo bem com vocês?
Primeiramente gostaria de fazer um convite para os meu leitores de SP. Queria convida-los a ir nesse evento maravilhoso para o lançamento  de #Acredite. Vamos conhecer um pouco sobre o livro e sobre a autora?



Titulo: #Acredite

Sinopse:Sinopse. Existe um mundo mágico, mas seu povo é dividido de acordo com seus poderes. Braites são mágicos mais poderosos e dominam a energia da transformação. Lalulis conseguem fazer apenas as magias simples. Os Braites mantêm sua magia forte, pois cultivam a leveza, a harmonia e a alegria, já os Lalulis não são capazes de aumentar seu poder de magia, pois são pessimistas por natureza e preferem se deixar dominar por sentimentos pesados a serem fúteis como os Braites.Nesse mundo dividido, Pamela, uma jovem braite, se apaixona por Raul, um Laluli. Porém, os dois acreditam que o amor é uma força poderosa e estão dispostos a desafiar a ordem das coisas ficando juntos.O casal é submetido a duras provações que desafiam a força do amor e a crença que separa aquele mundo. Um livro que tem a força dos contos de fadas e nos inspira a acreditar em nós mesmos e na vida que nos cerca.



 Olha que lindo está o trabalho gráfico da capa:




  Eliane acredita no poder das boas histórias seja um suspense viciante ou um romance açucarado. Sabe que os contos de fadas são ainda mais mágicos e foi, por isso, que escreveu #Acredite. É escritora apaixonada, leitora convicta e sabe que a arte é essencial ao ser humano e meio extraordinário de suportar a realidade. Mãe ursa de Ale e Zizi. Encontrou apoio incondicional para suas loucuras no seu parceiro e amor da sua vida, Luiz. Come doces no plural diariamente e acha mesmo, como diz nesse livro, que o amor é a maior força que existe. Vive em São Paulo feliz da vida e apaixonada por sua família e seus dois cachorros, Luc e Tina.





 Em breve terá resenha aqui no blog. Espero poder contar com vocês, um grande beijo.