12 de abril de 2016

[Resenha #13] A Bússola De Ouro

Titulo: A Bússola De Ouro
Série: Fronteiras Do Universo (#1)
Autor: Philip Pullman
Ano De Lançamento: 2002
Páginas: 365
Editora: Objetiva

Sinopse: No primeiro volume, "A Bússola de Ouro", Lyra enfrenta uma arriscada jornada ao extremo Norte para salvar Roger, seu melhor amigo, e outras crianças de terríveis experiências científicas que as separam de seus daemons.


Minha Avaliação Sobre o Livro:


Resenha: Depois de assistir ao filme, fiquei com muita vontade de ler o livro, e que para a minha surpresa, encontrei vários detalhes bem diferentes do filme.

Lyra vive em Oxford, mas não é a Oxford que conhecemos, o livro se passa em um universo diferente do que o que conhecemos, mas mesmo assim bem parecido com o nosso e diferente em alguns aspectos.

Todos os seres humanos tem os seus daemons, seres que representam as suas almas humanas. Quando criança, os daemons mudam de forma constantemente, mas quando a criança chega a sua adolescência, os daemons tomam uma forma única, não podendo mudar para outras novamente. Geralmente esses daemos tem o sexo oposto de seus humanos, eles também não podem se afastar de seus humanos, pois sentem uma dor extrema, e quando o humano morre o daemon morre também.

O daemon de Lyra chama-se Pantalaimon e é praticamente impossível do leitor não se apaixonar pelo pequeno daemon que logo nos conquista. O mundo de Lyra muda completamente quando ouve o seu tio falar sobre o Pó, e ela resolve ir procurar respostas sobre isso. Mas, enquanto isso, crianças de todos os lugares estão desaparecendo, incluindo o melhor amigo de Lyra, Roger.

O personagem que desde o começo já não me agradou foi o tio de Lyra, Lorde Asriel, que já na sua primeira aparição no livro já ameaça quebrar o braço de Lyra, e mesmo depois de saber que ela o salvou de ser envenenado ele a esconde em um armário e novamente a ameaça que ela ira se arrepender se ela fizer algum barulho. No decorrer do livro, e nas poucas aparições dele não consegui mudar meus sentimentos por ele.

O autor nos apresenta um mundo fantástico, com daemons, ursos falantes, feiticeiras, lugares fantásticos, mistério, magia, pessoas com passado obscuro e muitas outras coisas fantásticas.

Achei maravilhosa a desenvoltura de Lyra e seu daemon, mas achei que o autor adicionou coisas desnecessárias e quem nem era preciso, tornando assim que em algumas partes o livro se tornou cansativo.

O livro chegou a mim através de uma troca no skoob, mas depois de ler esse primeiro livro confesso que não era exatamente que eu estava esperando e acabei perdendo a vontade de continuar lendo a sequencia, apesar de ter gostado desse primeiro livro.