31 de maio de 2016

[Resenha #19] Uma Paixão Sem Limites

Nome: Uma Paixão Sem Limites 
Autora: Keilinha Alvarenga
Editora: Autografia
Sinopse:O livro retrata a história de uma jovem inexperiente e sonhadora, vivendo em um mundo totalmente limitado pelas exigências conservadoras do pai. A descoberta e a entrega do primeiro amor a levará a um universo desconhecido e cheio de emoções avassaladoras. As tragédias resultantes de inevitáveis acontecimentos a farão crescer e assumir o controle da própria vida, e um novo mundo abrirá as portas para o começo de uma nova história; regada a muito amor, paixão e amizade, que servirá de lição para aqueles que carregam a mágoa e a tristeza em seu coração. Nunca é tarde para recomeçar, e as vezes as oportunidades para este novo recomeço está o tempo todo diante nós, basta abrirmos os olhos e o coração, e permitir que os bons sentimentos façam o seu trabalho. Ao final todos terão a chance de experimentar todas as emoções de viver uma paixão sem limites.

 Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês ? Espero que sim e hoje  venho apresentar a vocês esse livro que me deixou caída por ele literalmente, o livro e da minha autora parceira Keilinha Alvarenga, um romance que  está na minha lista dos melhores que já li então vamos conhecer um pouco mais da Koany ?!Antes de falar um pouco mais sobre os personagens da história vale a pena ressaltar que até um certo tempo o livro é narrado no passado e a outra parte é narrado no futuro. As narrações são alteradas e também contem alguns bônus que achei uma ideia genial que podemos vê algumas cenas que a autora citou de personagens secundários .

Odeio mentir para minha mãe, mas não vejo outra forma de tranquilizá-la para que não se incomode comigo 
 Koany é uma jovem que está cursando administração a gosto do seu pai o Sr. Robert Vasconcelos, um homem muito rigoroso e que trata sua filha nas rédeas mais curtas que um pai fazendeiro pode se criar uma filha, ele a obriga a estudar administração, pois quer que Koany assuma os negócios da família , já ela não quer isso .

 Nem a bengala consegue tirar seu charme ,e o sorriso que ele ostenta ao caminhar em minha direção é de fazer qualquer mulher perder o juízo.
 Johnatan é um jogador que está na frase de crescimento, mas já tem lá os seus prestígios, um cara galanteador digamos assim.Ele vai passar um fim de semana na casa de um amigo em Governador Valadares e então ai que tudo começa 

Se correspondido, é uma preciosidade que alegra e embeleza a vida.
 Koany nunca podia sair devido  as regras do seu pai , então o Sr. Robert sai em uma viagem e  juntamente com suas amigas Koany  bola um plano para sair  nem que seja por uma noite, tudo foi muito bem planejado com ajuda do seu motorista o Jaime. Quando Koany chega a boate ela se sente livre por alguns segundos e era isso que ela sempre quis sentir a liberdade.  Dançando um pouco  ela acaba olhando para um canto onde se depara com um lindo homem ela fica atordoada com sua beleza, mas não se deixa levar muito, um tempo depois assim que ela sai do banheiro ele  se apresenta a ela e a leva para o camarote em que estava, lá eles se beijam e Koany começa a ter sensações nunca antes sentidas. Johnatan ficaria apenas um fim de semana na cidade, com isso ele queria muito rever a menina que tirou o seu eixo , no dia seguinte Koany vai até a casa da sua amiga para tomar um sol e para sua surpresa o Deus dos olhos claros foi quem abriu a porta, e então eles acabam ficando novamente e ele a convida para jantar . Depois disso a história começa a se desenrolar de uma maneira que eu gostei foi simples e me contagiou. O pai de Koany estava muito endividado com isso queria obrigar a filha a casar com um agiota,então desesperada e indignada  Kaoany decide ir embora para o Rio de Janeiro atrás do Jhonathan, assim que chegou ao Rio foi então até  condomínio em que ele morava foi ai que descobriu que ele foi jogar fora do país. Passaram 7 anos , Koany começou a exercer o que sempre quis medicina virou uma ortopedista de sucesso , estava fazendo residência nesse meio ela se envolveu com o Guilherme um médico cirurgião muito lindo que desde sempre deixou claro o que sentia por ela , mas Koany nunca o correspondeu .
Eu quero mais , quero tudo de você, pois o meu tudo você já tem

 Então , quando comecei a ler o livro tive uma sensação que era apenas um romance comum no qual já estava acostumada a ler  não que eu não goste, pois sou louca por romances, mas a questão  foi que o livro me surpreendeu de todas as maneiras que vocês podem imaginar sabe o que é uma reviravolta?Foi bem isso , o livro até um certo ponto você pode jurar que já sabe qual é o final , mas depois vem muda tudo e você fica tipo  como não pensei nisso antes? 
 As vezes, ficamos presos aos acontecimentos do passado que nos impedimos de viver o futuro 


 Uma coisa que me chamou atenção no livro foi o quanto os personagens secundários tem grande importância na trama ao longo do livro vai tendo algumas revelações em ralações a eles que você fica boquiaberta.O  livro  foi muito bem escrito  um leitura fácil e prazerosa li ele em basicamente um dia , não conseguia solta-lo , o livro contém suas cenas quentes, mas nada muito obsceno é algo mais sensual .  Ela descreve muito bem os lugares onde a cena está se passando é isso nos dar o prazer de imaginar que somos um dos personagens e estamos lá assistindo a cena . Dei favorito pelo fato do livro me cativar tanto , não espera que o livro fosse tudo que é   já sabia que o livro era bom , mas nem tanto igual eu sei hoje. Se querem um romance que vai fazer você arrancar suspiros é esse !

29 de maio de 2016

[Resenha #18] Dominados

Nome: Dominados
Autora:Mila Wander
Editora: Qualis
Páginas:489

Sinopse  Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.
 Henrique Farias Também.
 Lara Diniz é orgulhosa, ambiciosa,poderosa e viciada em desafios.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma Dominatrix Fatal.
Henrique Farias é um dominador intenso .
O jogo de poder e sedução 
Só está começando...                                            


 Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês? Espero que sim ! Hoje vim fazer uma resenha de um livro que já estava querendo ler a muito tempo , desde que li O Safado do 105 me apaixonei pela escrita da Mila e tive o prazer de conhece-la aqui na bienal de Minas , uma pessoa maravilhosa e hoje sou tão encanta por  ela quanto por sua escrita. Esse livro me deixou receosa até um certo ponto, pois são duas pessoas com personalidades muito forte é isso gerou muita confusão, mas quando chegou uma certa parte do livro já não conseguia abandona-lo .

Sou respeitada e admirada.Também sou desejada, mas ninguém nunca me interessou fisicamente.
 Laura tem seus trinta é poucos anos, uma mulher decidida e sabe muito  bem o que quer desde que se entende por gente , seu gênio é de loba sempre muito respeitada e admirada por todos uma arquiteta de sucesso, não abaixa cabeça diante de um desafio , aliás ela ama um desafio . Laura é um tanto feminista , mas do jeito dela , preza muito sua independência e se orgulha de tudo que conseguiu até hoje .Laura é uma negra de da inveja em qualquer uma, dona de um corpo maravilhoso devido a ginástica, anda sempre bem vestida e com o nariz em pé. 
 Quero ver você tentar me vencer, Laura.Posso até apostar.
Henrique , tem seus trinta e poucos anos, um homem carismático  lindo e desejável por varias mulheres inclusive por sua secretaria Helena que sustenta por ele um certo tipo de amor não correspondido.Henrique é coordenador do setor de contabilidade da construtora assim como Laura ele é um homem muito respeitado e admirado dentro da empresa, luta com unhas e dentes para conseguir o que quer é não deixa um desafio passar batido.
Iremos disputar o cargo ?
A trama toda  começa logo depois que eles descobrem que vão disputar  um cargo na empresa na qual trabalham , o clima entre os dois começam a ficar intenso muito intenso mesmo, então eles acabam fazendo uma aposta quem quem perder terá que submeter ao outro, cada um começa a usar as armas que tem . A sensualidade reina nesses dois   o dialogo deles são hilários me divertir muito com esse casal , apesar que fiquei meio receosa no começo do livro, pois o que eles mais faziam eram brigar brigar e brigar mesmo um admitindo para o outro que se querem eles não param de brigar . Dei o livro como favorito por que sou encantada com a escrita da Mila e nesse livro ela aborda o feminismo e o racismo   adorei isso , pois ão coisas que acontecem no dia a dia que não damos tanta importância , a história dos dois é bem real enquanto eu estava lendo me imaginei como amiga deles inventando mil e uma possibilidade para fazê-los pararem de brigar, e quando você acha que vai da certo eles voltam ao estagio zero novamente . Laura me irritou no começo achei que ela realmente era uma pessoa sem sentimentos , mas com o passar do livro que você vai descobrindo as coisas ai para e percebe que aquilo era sua autodefesa ela precisava daquilo para se sentir bem, o Henrique foi amor a primeira frase (rsrs) não sei por que, mas na primeira frase que o Henrique narra no livro já me encantei lembrando que o livro é narrado tanto no ponto de vista da Laura quanto no ponto de vista do Henrique  como vocês já sabem amo livros assim , pois é legal saber como duas pessoas pensam diferente se passando pela mesma situação. A briga deles sempre é voltada por que um quer dominar o outro Laura e uma dominatrix   e o Henrique um dominador  então e como se quem tivesse a boca maior engole o outro , não se deixe levar achando que é apenas um romance erótico , pois sei que muita gente vê como TABU esse gênero , mas o que as pessoas não enxergam e que atrás de todo esse erotismo existe uma história de amor tão linda quanto os romances comuns . Indico os livros da Mila de Olho fechado pode ter certeza que leria até sua lista de compras !


Dominatrix: Dominatrix é uma mulher que exerce o papel "dominadora" em práticas de BDSM.
 Dominador: Que exerce dominação; que pode dominar; que tem poder, domínio e/ou autoridade.


  Não resisti e fui na Mila na Bienal para ela autografar meu livro ♥