27 de julho de 2016

[Resenha #26] UM CEO PARA CHAMAR DE MEU

Nome: UM CEO PARA CHAMAR DE MEU
Autora: Lucy Berhends
Paginas: 312
“Com mais de meio milhão de leituras em menos de um mês, o conto bestseller da Amazon tem agora sua história transformada em livro”. 
Laís Oliveira é uma garota com grandes sonhos profissionais e que luta bastante para alcançá-los. Ela foi criada no interior, mas veio para a cidade grande em busca de vencer por seus próprios esforços. Quer terminar seu mestrado e se tornar professora universitária. Antony Cavalcanti é um CEO viciado em controle. Ele cuida de tudo o que lhe pertence e os mantêm em segurança, mas talvez precise aprender que pessoas não são propriedades de ninguém. Eles se esbarram, literalmente, e juntos vão construir uma história cheia de sedução, prazer e sentimentos que os confundem. Conflitos, ciúmes, obstáculos podem ser apenas alguns dos ingredientes que os desafiarão até que o amor fale mais alto e, finalmente, alcancem seu ‘happy end’.Laís e Antony o convidam a conhecer e a participar desse intenso enredo que envolve conquista, surpresas, raiva, sexo, e muito, muito amor. 


Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês? Espero que sim. Hoje vim fazer resenha desse livro maravilhoso que me ganhou somente pela capa, como sempre deixo enfatizando aqui sou uma leitora apaixonada por capas. Mas vamos ao que interessa.

 Laís Oliveira tem 24 anos e estuda na Universidade Federal de Verdes Montes, trabalha como revisora de livros em uma editora muito conceituada. Laís veio do interior de uma família típica e divide apartamento com sua amiga Alana que sonha em ser uma atriz. Laís é uma jovem determinada que corre atrás dos seus sonhos  com bastante honestidade e carisma.

 Estou ciente que esse é o momento no qual eu deveria abrir minha boca e pedir desculpas por ser tão desastrada, mas não consigo encontra voz quando meus olhos encontram os.. uau.. Dele.
Antony Cavalcanti é CEO muito conceituado no ramo editorial, dono da Editora Cavalcanti. Antony veio de uma família Italiana onde eles priorizam o dinheiro acima de tudo. Ele é um tanto intimidador, misterioso, sensual e autoritário. 

Eu nunca fui um homem de raízes. Eu nunca ficava muito tempo
 A história gira em torno da relação entre Antony e Laís, em dia comum na editora Laís acaba se esbarrando com seu chefe sem ao menos saber quem ele era como sempre chega atrasada em tudo saiu correndo pelos corredores e foi para sua sala guardar suas coisas, já que ela ia direto da faculdade para o serviço, assim que Antony entra na sala ela se da conta que ele não era  da forma que havia imaginado. Apenas com alguns segundos de conversa com seus funcionários de todos os setores da editora, Antony chama atenção de Laís na frente de todos o que a deixa muito constrangida. A reunião acaba e ele pede a Laís para que ela vá até a sala dele dentro de alguns minutos. Laís tinha uma colega de trabalho que digamos que é meio exibida quer tudo que é homem que vê pela frente ela se chama Claudia, e assim que Claudia viu que ela iria a sala do chefe fez questão de implora-la para que falasse ao chefe sobre ela. Laís chega à sala do Antony e ele logo a elogia falando sobre seu trabalho para editora o que a deixa desconcertada. Antony é um homem um pouco misterioso, e usa uma aliança com isso Laís deduz que ele é casado e logo ele trata de tirar isso da cabeça dela falando que é apenas uma joia de família. A relação dos dois começa a se intensificar já que eles não esperavam sentir o que eles estavam sentindo, era algo que ia além do desejo. Antony vê seu mundo tomar cor de uma forma que ele não imaginava, pois ele estava aprendendo a lidar com esse sentimento novo e com calma e paciência Laís o guia mostrando o quanto os dois podem fazer isso dar certo.

Levanto com os olhos ardendo pela péssima noite de sono na qual um tal CEO dominador não saiu da minha cabeça nem em sonho.
 De modo geral eu amei a história e muito bem escrita rica em detalhes. O livro me instigou pela capa é realmente muito linda e ao longo da minha leitura pude imaginar Antony daquele mesmo jeito, um CEO com um lindo brinco na orelha. O enredo e riquíssimo cheio de detalhe, as cenas quentes são escritas de uma maneira um tanto sensual, mas no meu ponto de vista a autora quis focar mais no sentimento que estava se formando ali e eu amei isso. A escrita da Lucy é fantástica não vou poupar elogios, quando você vê está no fim do livro e te dá um aperto no coração. Uma coisa que me chamou muita atenção na Laís  e que na maioria dos romances hot a menina e toda frágil e sempre cede bem aos caprichos, ela não, Laís tem um  personalidade incrível  com ela e 8 ou 80 ela zela muito por isso. Recomendo a leitura é bem rápida e fluida. Gostaria de agradecer a Lucy por me proporcionar essa história maravilhosa. Acho que encontrei mais um Crush Literário.