18 de dezembro de 2017

| No cinema com a Bia| Extraordinário



Titulo: Extraordinário

Duração: 1h e 51 min
Gênero: Drama
Sinopse: Auggie Pullman (Jacob Tremblay) é um garoto que nasceu com uma deformação facial, o que fez com que passasse por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele pela primeira vez frequentará uma escola regular, como qualquer outra criança. Lá, precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta.




Olá, meus queridos leitores. Hoje vim trazer resenha desse filme que realmente me deixou de coração cheio que me colocou para repensar em muitos aspectos relacionados a minha vida e garanto que muitas pessoas que assistiram sairão da sala de cinema com esse mesmo pensamento. 




Auggie é um garotinho que nasceu com deformidades na face, devido a essa deformidade ele já passou por mais de 27 cirurgias plasticas. Ele é um menino muito amado por todos a sua volta, sua mãe sempre está disposta a tudo por ele. Ela começou a dar aulas para ele em casa  e fazia questão que ele aprendesse de uma maneira ou de outra. Seu pai é um homem muito compreensivo, mas eis que chega um momento em que a mãe de Auggie acha que ele deve ir para escola e se socializar, mesmo sendo contra a vontade do pai ele acaba deixando para vê se é isso mesmo que o garoto quer. 





 Como já era algo algo de si imaginar, ele se sente meio deslocado, mas cria algumas fantasias em sua mente que o faz seguir firme até chegar na sala de aula, Auggie tem a ciência de que não é uma pessoa dentro dos padrões de beleza que a sociedade exije, mas em contrapartida tem atributos que vão além da beleza externa sua beleza interior é maravilhosa. Logo de inicio ele já sofre bullying pelo seu colega de classe que foi  um dos escolhidos para  apresentar a escola, Julian. Esse garoto faz questão de implicar com tudo que Auggie faz, mas ele nunca revida e se revida é sempre de uma maneira educada. Ele vai enfrentando um dia após o outro, sabe que não será facil e por isso luta e vai a aula mesmo assim, mesmo sabendo que muitas pessoas tem receio de ficar perto dele. 




 Com o tempo Auggie percebe que ele é uma pessoa normal e que não precisa ter medo muito menos insegurança por sua aparência, ele sabe que ele é capaz e é um menino do coração de ouro e não demora muito as pessoas a sua volta perceber isso. Ele mostra que a deficiência não o limita em nada. Ele é um garoto com um sonho maravilhoso que é conhecer a lua e ser um astronauta.Um menino de ouro, com apenas algumas cicatrizes no rosto, tão lindo por fora quanto por dentro. Ele vai te ensinar o quanto a vida e bela e o quanto temos que dar valor.



Li o livro há bastante tempo lembro que me senti impactada e fiquei com uma linda ressaca literária, mas vendo meu pequeno Auggie ganhado vida além das páginas foi maravilhoso para mim. Ele me mostrou que cada um tem sua singularidade não importa qual. Suas cicatrizes são apenas meros detalhes diante da bondade que tem dentro do seu coração. Um menino que mesmo tendo uma deformidade consegue tem um humor melhor do que aqueles que nasceram com a saúde 100%, ele nos mostra que reclamamos as vezes das minimas coisa, que não damos muito valor ao que realmente importa.



 Como também no livro, o filme tem narrativas intercaladas para expressar o ponto de vista das pessoas que vivem ao redor do nosso querido personagem. Temos a Via sua irmã mais velha. Foi outra personagem que eu tive vontade de pegar no colo e abraçar. Sei que ela ama o irmão e se sente sozinha, pois mesmo sem perceber sua família toda volta a atenção para ele até ela faz isso, mas não percebe.


O filme não foi 100% fiel  ao livro, mas foi uma maravilha até por que não tem como fazer um filme totalmente igual ao livro.  Os atores estão de parabéns, pois conseguiram pegar a essência de cada personagem. O filme tem cenas cômicas, Auggie me matou de rir diversas vezes com seu senso de humor pra lá de hilario.Se eu chorei? Chorei e não foi pouco! Uma história linda de superação, foi dificil não vê um na sala de cinema não se emocionar com o final desse filme. Meu coração encheu e sei que vou levar a história de vida do Auggie comigo para onde eu for. Ele me fez enxergar o mundo de uma maneira diferente como ele mesmo disse: " Todas as pessoas deveriam ser aplaudidas de pé pelo menos uma vez na vida, por que todos nós merecemos o mundo."  Essa frase o define, e eu amo ela para mim é a mais linda de todas e a mais real. Para os fãs de Star Wars, Auggie é um grande fã e sempre terá algumas referencias hilarias.Quem for para o cinema prepare-se para se emocionar e sair com o coração cheio  e dando mais valor as coisas ao seu redor. Espero que tenham gostado, por que a pessoa aqui se emocionou ao fazer a resenha

18 comentários:

  1. Biaaa eu amei,suas impressões sobre tudo!!! Realmente o Extraordinário é incrível e nos mostra tantas coisas e nos dá lições tão impactantes né?? Auggie é maravilhoso mesmo um garoto de ouro 100% real ❤❤❤ eu me amarrei muito nele 😍😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miih!
      Realmente ele é um menino de ouro e vou sempre carregar ele como inspiração para mim !

      Excluir
  2. Oiee Bia ^^
    Esse é um daqueles filmes em que é impossível não se gostar, né? Eu até queria assisti-lo no cinema, mas me conheço, e sabia que iria me emocionar muito, então decidi deixar para vê-lo em casa...haha'
    O livro é um dos melhores que eu li na vida, e minhas expectativas para o filme estão altíssimas!
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dryh!
      É impossível não se emocionar, eu chorei igual uma criança. Tenho certeza que vai superar suas expectativas!

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?

    Queria muito ter ido ao cinema assistir ao filme, mas não consegui. Espero tento pelo filme, e quando é lançado, não vejo. Já ouvi tantas coisas boas sobre o filmes, que estou pensando em ir esta semana, mesmo que sozinha. Não consigo esperar mais.

    ResponderExcluir
  4. Pois então penso como você, as cicatrizes são meros detalhes que na verdade para mim nem chamam a atenção, mas sei como a escola pode ser maldosa porque também sofri o bulliyng de uma forma horrível que causou um grande trauma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Realmente, em vários quesitos mostra o quanto a escola pode ser ruim, e quanto na maioria das vezes tem o dedo dos pais por trás disso. Fico triste em saber que passou por algo tão desagradável!

      Excluir
  5. Oiii tudo bem??

    Adorei saber que o filme modifica narrativas, achei muito legal.
    Eu não gostei tanto assim do livro, mas quero sim ver o filme, acredito que me toque mais do que leitura.
    Adorei o post.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Essa frase é a minha favorita na vida, vontade de tatuar ela! Achoq ue descreve perfeitamente o personagem, a história, tudo. Li o livro esse ano e achei a mensagem incrível, quero muito assistir o filme e ver tudo aquilo que imaginei na tela. Amei seu post!

    ResponderExcluir
  7. Amei suas impressões sobre o filme e espero assitir em breve. Nessa época do ano é tão corrido, que ainda não consegui ir ao cinema. O livro é realmente lindo. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá!Sou apaixonada pelo livro Extraordinário,muito apaixonada.Ainda não consegui ir ao cinema para poder assistir,mas já pelo jeito que você falou fiquei apaixonada e emocionada.Espero poder assistir o mais rápido possível.
    Um filme nunca consegue ser 100% igual ao livro,é impossível,mas já passando a essência já esta maravilhoso.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu to com muita vontade de assistir extraordinário, provavelmente eu vou terça com umas amigas. E já to preparando as lagrimas pois todos falam superbem do livro e do filme.
    Infelizmente, eu só li o começo da obra, mas pelo pouco que li, pude me apaixonar. Acredito que o mesmo vai acontecer com o filme.

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Eu não li o livro, nem vi o filme ainda. Estou muito sensível para ler/assistir algo sensível como essa história. Mas realmente, me disseram que apesar de não ser fiel ao livro, totalmente pelo menos, ele é muito maravilhoso e fez todo mundo chorar litros! Hahhahahaha. Espero também chorar quando ver.

    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Eu adorei este filme e sem dúvida foi o filme que eu vi no cinema que eu mais amei em 2017.
    Chorei da primeira a última cena, ainda assim, acho que é o tipo de filme que tinha que ser passado no pátio da escola no primeiro dia de aula de TODAS as escolas.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    não li o livro ainda mas tenho uma ideia do que conta a história e apesar de ainda não ter assistido o filme pretendo fazê-lo em breve, estou com expectativas altíssimas porque tenho lido incontáveis elogios a esta obra e por saber que trata-se de uma história emocionante já estou me preparando para desidratar haha

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  13. Oi, Bia

    Eu nunc tive vontade de ler o livro, sabe? Quando o filme foi anunciado eu até que ensaiei ler antes pra poder ver o filme depois, mas não rolou.
    Imagino que seja realmente uma história interessante e cheia de belas lições, ela só não me atrai mesmo, não vou forçar.
    Que bom que você gostou tanto do filme! :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu adorei o livro quando li uns 3 anos atrás, e quando fui ver o filme chorei horrores e fiquei encantada como conseguiram adaptar um livro tão bem mesmo deixando alguns detalhes de fora.
    Espero que mais livros favoritos meus tenham essa boa adaptação hahaha

    ResponderExcluir