12 de janeiro de 2017

[Resenha #55] Belo Desastre

Titulo: Belo Desastre 
Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
Páginas:392
Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.


 Olá, meus queridos leitores. Tudo bem com vocês? Espero que sim. Hoje vim resenhar um livro que muita gente ama, e  minhas leitoras estavam quase me matando para que eu fizesse a leitura desse livro, então vamos conferir o que eu achei de belo desastre?

“ Eu não disse que você é uma má pessoa”

No livro conhecemos a estória de Abby uma jovem que acabou de se mudar para outra cidade juntamente com sua amiga América. Em um dia qualquer elas resolvem ir assistir uma luta, e nessa luta que ela conhece Travis . Travis  é um cara muito conhecido um lutador bem colocado é um bad boy que arranca suspiros de todas as meninas da faculdade.Quando ele se depara com Abby sente uma coisa diferente, um interesse que nem ele sabia bem como explicar. Eles acabam virando amigos, e um dia surgi uma aposta que se a Abby perdesse ela passaria um mês no apartamento do Travis, e se o Travis perdesse teria que ficar um mês sem fazer sexo com ninguém. Como já é de se esperar a Abby perde a aposta (Calma meus amores, não é spoiler) e eles acabam se conhecendo mais nesses dias que passam juntos. Quando Travis assumi que  quer Abby para ele, ela se vê perdida com medo de algumas coisas do seu passado se tornar a mesma coisa no presente. Mesmo eles assumindo que um quer o outro parece que o final feliz está bem longe de acontecer para esse casal.

“Eu não sabia que estava perdido até você me encontrar”

 Aparentemente parece mais um livro clichê no qual você sabe que o final é previsível, mas é ai que vem os meios justificam o fim, não existe definição melhor para o enredo desse livro. Sabemos que o fim é bem previsível, mas o que me ganhou nessa estória foi todo o desenvolvimento. A autora teve todo trabalho em desenvolver um enredo que cativasse o leitor, que deixasse o leitor apaixonado pelo casal, e ela conseguiu.

 “ Eu faço o tipo de todas”

 Abby foi um personagem que me irritou várias vezes ao longo da estória às vezes a achava imatura demais, ela foi ganhar minha empatia bem depois do meio do livro, eu não achava certo muita coisa que ela fazia com o Travis, e isso partia o meu coração em mil pedaços. Ao contrario de Abby, Travis já me ganhou desde o inicio, com o seu jeito único de ser. O que mais me encantou nele (tirando sua aparência linda de Deus Grego todo tatuado) foi o fato dele não dar a mínima para o que as pessoas pensam, ele vive intensamente, apesar de que teve horas que eu tive vontade de sentar ele no colo e dar uns conselhos, é muito fácil se apaixonar por ele, comigo foi amor à primeira palavra.

“ Eu havia me tornado a fraqueza do Travis”

Os personagens secundários tem grande importância no enredo da estória, quem leu deve saber bem do que eu estou falando, e quem não leu eu garanto que esses personagens fazem toda a diferença na estória. Amei a América, ela faz aquele tipo de amiga que se for preciso terminar o namoro para te defender ela fará isso, me identifiquei muito com ela, e com o namorado dela também. A Ambientação também é maravilhosa, apesar de que eu sentia certa fobia quando tinha luta do Travis em determinados lugares. O livro é todo narrado pelo ponto de vista da Abby.

“ Era como se tudo naquela sala berrasse para mim dizendo que ali não era meu lugar”

 Estou me matando por dentro por ter demorado tanto tempo a ler esse livro. Gente não sei explicar como me sentir na medida em que fui lendo bem que minha amiga Amanda do blog Faces em Livros me falou que eu ia me apaixonar, e não é pra menos. A escrita da autora te leva para outro mundo, pude sentir a paixão do Travis através das palavras da autora isso foi mágico para mim. Os assuntos também abordados nesse livro são maravilhosos, e a autora soube desenvolver bem cada um deles.  Amei cada palavra escrita nesse livro. Um New Adult que todo mundo deveria ler.  Esse livro me proporcionou um mix de sentimentos eu ri, chorei, gritei e amei. Espero que tenham gostado da resenha