6 de agosto de 2018

( Resenha #110) Amor em Manhattan (Para Nova York, com amor #1)

Titulo: Amor em Manhattan
Autor: Sarah Morgan
Editora: Harlequin
Páginas:384
Sinopse:Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.
Olá, pessoal! Tudo bem? Eu sou a Naty, nova resenhista do blog! Hoje vim trazer minha primeira resenha para vocês, vamos saber o que eu achei de Amor em Manhattan ?

Paige sempre foi cercada por uma super proteção da qual nunca gostou, mas por um lado compreendia o por que de todos sempre estarem a sua volta. Ela era uma pessoa muito enferma . Como se não bastasse essa super proteção ela nutria um amor platônico pelo melhor amigo do seu irmão e tem  certeza de que  não tem nem um por cento de chance dele a corresponder. Mas o que realmente Paige almejava era ter sua própria empresa de eventos.


Ela trabalha em uma empresa de eventos muito conceituada  juntamente com suas amigas Eva e  Frankie. Todas almejavam uma promoção  e no dia em que elas foram chamadas  para uma conversa sentiram que era a hora, mas para surpresa delas todas haviam sido demitas.

Paige, Eva e Frenkie  são amigas há muito tempo. Eva sempre foi a mais sentimental que se emociona com tudo morava com a avó, mas depois da morte dela ela resolve ir morar com as amigas. Frankie é traumatizada  quando o quesito é relacionamento, pois desde muito nova via sua mãe se aventurar cada dia com um homem diferente e assim que completou a  maior idade foi morar com suas amigas.

O irmão de Paige acaba descobrindo que ela e suas amigas tinham sido mandada embora, sem saber como lidar com essa situação sozinho ele acaba pedindo ajuda ao seu melhor amigo, Jack,como já esperado  Jack e Paige é pior que cão e gato.  Ele implica com ela por tudo e ela ainda sente uma raiva devido ao passado.

Será mesmo que amor e ódio não caminham lado a lado? Será mesmo que uma paixão antiga possa vir incendiar seu coração agora ? Será mesmo que Jack  realmente nunca sentiu nada por ela ?

 Um chick-lit  maravilhoso com  a dose certa de amor e muitas risadas. 


   Amor em Manhattan  é um chick-lit maravilhoso com uma dose certa de tudo que lhe foi imposto, uma história de amor cativante que me conquistou . Sarah Morgan conseguiu dosar bem o drama da história. Quando peguei o livro para ler achei que iria contar a história das três amigas juntamente, mas pelo que deu a entender é que será um livro para  cada amiga e nesse temos a história da Paige.

Paige foi uma personagem que de modo geral me surpreendeu, ela não fica remoendo tudo que já aconteceu com ela e muito menos se faz de coitadinha,. Ela é forte e tem atitudes determinadas e sabe bem o que está fazendo.  Passou por cima de todos os obstáculos que a vida lhe impôs para correr atrás do seu sonho.

Jack é um personagem que mesmo no presente não consegue se  desprender das amarras do passado  e isso o torna um personagem que agi por impulso e até um tanto inseguro.  Só que de uma hora para outra parece que ele acorda para vida  e começa a tomar atitudes que me surpreendeu de uma maneira bem positiva. Depois que ele  começou a tomar  um rumo certo posso afirmar que ele entrou para lista de crushs literários.


Não posso deixar de destacar  os personagens secundários que trazem  um brilho a mais para a trama: Eva é uma personagem  que me matou de rir com seu romantismo e toda sua sensibilidade por tudo que ela vê. Frankie é uma personagem maravilhosa, mas  por não acreditar muito no amor muito menos em homens em certos momentos da trama ela chega ser até uma personagem um pouco amarga. E temos o Irmão da Paige que é considerado o tipico irmão mais velho que sempre ali para tudo que ela precisar e um tanto protetor.

O livro é narrado em terceira pessoa ampliando o ponto de vista dos personagens. Quanto a edição física está a coisa mais linda, a capa trabalhada em cada detalhe nos tons de azul e branco. Folhas amareladas, espaçamentos entre linas  e fonte está tudo dentro dos conformes para uma leitura agradável.

Em suma é um livro maravilhoso e uma ótima pedida para os fãs de  comédia romantica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário