17 de setembro de 2018

(#Resenha 113) Indomável

Titulo: Indomável 
Autora:  S.C Stephens
Editora:  Valentina
Páginas:  400
Sinopse: Ser o baixista da banda de rock mais famosa do mundo proporcionou muitas vantagens para Griffin Hancock: uma bela casa, um carro veloz e, o mais importante, sua incrível esposa Anna. A única coisa que a fama não lhe trouxe foi um refletor focado apenas nele. Anna o aconselha a ser paciente, e diz que seu talento vai acabar por lhe trazer isso. Só que Griffin está farto de esperar pela oportunidade de brilhar por completo.De forma inesperada para todos, Griffin toma uma decisão chocante e resolve assumir o maior risco de sua vida. Subitamente ele se vê debaixo de novos refletores, luzes, câmeras e... caos -- algo que acaba por levar ao limite o seu relacionamento com Anna. Sua compreensiva esposa sempre considerou sexy o comportamento imprevisível do marido, mas, de repente, sentimentos de dor começam a transparecer em seus olhos, e isso coloca a alma de Griffin em uma espiral de desespero e infelicidade.Justamente quando o reconhecimento do seu talento está ao seu alcance, a pessoa que ele mais ama no mundo pode estar lhe escorrendo pelos dedos.
Olá, meus queridos Leitores!

Hoje vim fazer a resenha de um livro que eu sempre quis ler, mas a pessoa aqui é meio lerda e não sabia que ele era parte de uma série e solicitei ele. Fiquei doida achando que não ia entender nada por que não tinha lido os livros anteriores então corri nas minhas amigas que leram a série e elas me garantiram que eu poderia ler que ia entender,  talvez eu ficasse sem entender uma coisa ou outra, mas nada muito sério.  Vamos saber o que eu achei de  Indomável ?



Griffin  ​é o baixista de uma banda que tem uma enorme carga de fãs, mas não está muito satisfeito com o o seu posto na banda ao seu ver ele merece mais, muito mais. Griffin quer ser o astro nem que seja por uma noite. Só que como ele não é uma pessoa muito confiável em vários quesitos seus amigos ficam relutante quanto a isso e acaba irritando de certo modo o astro.  Ele se sente inferior do que os demais da banda e acham que todas as fãs só enxergam o Kellan ​.

 Griffin tem uma família perfeita. Ana sua esposa, uma mulher apaixonante que mesmo o marido sendo egocêntrico por diversas vezes nunca o abandonou e para melhorar ela está gravida do segundo filho deles.  Mesmo diante disso  ele se sentia incompleto achava que era merecedor de mais e mais.  Só que as coisas não estavam saindo da maneira como ele queria e isso começou a deixa-lo nervoso.  Em um dia de bebedeira em um bar ele acaba sendo convidado a estrelar  uma série, de inicio ele até acha que está sonhando, mas no dia seguinte o homem que ele viu no bar entrou em contato com ele. 

Ele decide então esconder isso dos seus amigos e da sua esposa. Mesmo sabendo que não deveria mentir para Ana por que ela era sua equipe ele decide fazer assim mesmo, pois ele tem fé que aquilo vai dar certo. Então ele segue viagem para gravar o piloto dessa série. Chegando lá ele fica vislumbrado com tudo diante dos seus olhos mesmo não indo muito com a cara de todo mundo ele aceita. Só que ele estava esquecendo de detalhes importantes como por exemplo o valor do salario, dentre outras coisas. Ele volta para casa com um visual novo e sua esposa estranha, mas aprova e seu coração quebra por vê que está mentindo para ela. 



Em uma entrevista da banda o entrevistador fazia questão de zombar de Griffin o tempo todo, como se ele fosso o  zé ninguém​ da banda e isso o deixa irritado falando ao vivo para milhães de espectadores que estava saindo da banda e que  estava participando de um seriado que seria muito melhor do que a banda. Seus colegas ficam perplexos diante de tal atitude, sabiam que ele estava insatisfeito, mas não imaginavam que ele iria tomar aquele tipo de atitude.

Griffin então decide partir para a cidade da série mesmo contra a vontade de sua esposa que esta completamente arrasada por ele ter mentido pra ela, mas como uma boa esposa ela o segue. Só que o que ele achava que era seu caminho rumo ao estrelato ele descobre que foi a pior decisão tomada, pois dias após eles se mudarem Griffitin a série é cancelada. 

 Ele se vê perdido sem saber o que fazer, pois nem receber ele iria, mas ao inves de pedir ajuda e contar para Ana que a série tinha sido cancelada ele acaba inventando uma mentira a trás da outra e  o que era para ser se sonho acaba sendo seu pior pesadelo. 


INTERESSANTE!


 Como eu citei a doida aqui não sabia que o livro se tratava de uma série, mas isso não me impediu de ter uma leitura agradável. Por ter começado pelo  ultimo livro sentir necessidade de ler os outros, não para compreender, mas sim por que fiquei curiosa com a história dos outros personagens que englobam a trama central. Ultimamente ando em uma vibe muito boa de livros com Rock star. 

Griffin  me irritou muito no inicio desse livro, primeiro por seu narcisismo ele se acha o DEUS do Ébano, tudo bem que ele é lindo tem olhos e cabelos claros, mas  tudo tem limite, né? Logo depois sua ignorância ele é um tanto ignorante e não tem um pingo de papas na língua e fala o que der vontade as vezes isso é bom e as vezes é ruim.  Ele também é um tanto egoísta acha que somente ele deve brilhar, mas foi nesse instante que eu percebi o verdadeiro Griffi, percebi que ele fazia aquilo só por que achava que era o menos visado da banda não que suas atitudes sejam justificadas quanto a isso, jamais, mas esse foi um personagem que eu vi crescer, mesmo próximo ao final do livro. Fiquei orgulhosa  dele no fim e ele ainda conseguiu me arrancar lágrimas, vocês acreditam? Ele é um personagem daqueles que você tem que insistir nele e não desistir da história quando ele começa a fazer besteira. 


Ana é uma esposa maravilhosa e te contar viu passar pelo que ela passou não foi fácil. Pra mim ela é uma personagem muito forte muitos podem até pensar de inicio que ela é submissa as vontades do marido, mas com o passar das páginas vemos que ela não é assim e sim que é uma personagem de presença e com um caráter  fora de serio e que sabe muito bem se posicionar quando ela sabe que esta certa. Uma mãe fora do normal. Ao contrario do marido Ana sempre preferiu uma vida mais pacata e mais sossegada e isso faz com que as vezes ela se sinta infeliz. Foi uma personagem que me identifiquei muito por sua garra e por sua determinação. 


Temos os personagens secundários que para mim são tão importantes quanto os principais que são os membros da banda e suas esposas e namoradas. Kellan que o vocalista é casado com a Kiera irmã da Ana (  que confusão, né?) ele é um dos mais sábios da banda sempre tenta apaziguar a situação. Temos o Matt também que é primo do  Griffin é um peça chave nesse enredo até por que é ele quem joga umas verdades na cara do Griffin. Assim como esses que citei vários outros personagens se destacam. 

A narração é feita toda em primeira pessoa pelo ponto de vista do Griffin, confesso que queria uma narração da Ana para saber o que ela estava achando dessa situação toda. As folhas são brancas a fonte está bem confortável para a leitura a diagramação está impecável e a capa nem preciso falar que está um arraso né? Depois da leitura desse livro fiquei curiosa para conhecer a história do Kellan e da Kiera. 


Em suma é um livro muito bom para os amantes de livros com  ​ Rock stars.