2 de janeiro de 2019

(Resenha 121) Um dia em Dezembro

Titulo:  Um dia em Dezembro
Autora:  Josie Silver
Editora:  Bertand Brasil
Páginas:  392
Sinopse: Uma história de amor inesquecível, comovente e emocionante; para fãs de Jojo Moyes e David Nicholls.
Laurie não acredita em amor à primeira vista. Afinal de contas, a vida não é a cena de um filme romântico. Mas, então, em uma manhã de dezembro fria e com neve, o ônibus de dois andares em que voltava para casa para em um ponto. Ao olhar para baixo, ela o vê. Por um segundo transcendental, seus olhos se encontram... e então o ônibus começa a andar. Depois de muitos meses com a esperança de cruzar novamente com ele, Laurie acha que nunca mais verá o garoto do ônibus. 
No entanto, um ano depois, em uma festa de Natal, sua melhor amiga, Sarah, apresenta o novo namorado, o grande amor de sua vida. Para seu profundo desespero e surpresa, ele é ninguém menos que o garoto do ônibus. Determinada a esquecê-lo, Laurie segue com sua vida. Mas e se o destino tiver outros planos?


 Você acredita em amor a primeira vista?


Oi oi, meus queridos Leitores. Tudo bem com vocês ?
Hoje vim trazer resenhar de um livro que antes mesmo de fazer a leitura ele ja estava influenciando as minhas outras de tanto que eu o desejava. Assim que ele chegou não resistir e  passei ele na frente de todos. Vamos saber o que eu achei de Um dia em Dezembro? 


Lauire  é uma mulher que não acredita nessas bobeiras de  amor a primeira vista acha que isso é uma grande falta do que fazer. Até que um lindo dia ela está voltando para casa e quando o onibus para em um ponto ela vê um homem sentado no banco há espera e ficou totalmente fascinada por ele. Foi a troca de olhares mais intensa que ela já teve e foi ai que ela caiu em contradição sobre sua história de que não existe amor a primeira vista. 


Então Laurie colocou sua melhor amiga Sarah para lhe ajudar na missão de encontrar esse tal homem misterioso que ela se apaixonou. Foi muito tempo de procura e sempre que ela achava que era ele percebia que não era, por fim ela já estava completamente desacreditada. Sarah então falou que iria apresentar seu novo namorado para ela. Laurie ficou muito contente pela amiga que só falava desse tal namorado e o tanto que eles combinaram, o que ela não imaginava que o namorado da sua melhor amiga era  Jack o cara por quem ela é apaixonada. 

Jack  de inicio finge que não a conhece mesmo com um impacto forte ao vê-la novamente, por que ele havia sentido algo diferente naquele dia, mas era mais conveniente para ele fingir que não a conhecia e começar do zero. Ele trabalhava em uma rádio, as vezes substituía o ancora da noite, seu sonho era ganhar um pouco mais de espaço  dentro do radio e poder ser futuramente um ancora.Mesmo diante de uma rotina as vezes apertada ele percebia o esforço de Sarah fazia em querer que ele e Lourie dessem certo, pois era algo muito importante para ela que seu namorado e sua melhor amiga fosse melhores amigos. Mas ele não era bobo e percebia que ela sempre dava um jeito de escapar com desculpas bobas para não ficar com ele e Sarah.

Com o tempo ficava difícil negar um para o outro que havia uma certa tensão entre eles e eis que acontece algo que muda o destino dessa história. Então os anos vão se passando e Sarah e Laurie já não moram juntas mais, Sarah conseguiu o serviços dos sonhos e Lourie está trabalhando para uma revista e agora estão totalmente maduras. Laurie está em um relacionamento e muito feliz e o namoro de Sarah e Jack agora só serve de aparência. O mundo das duas vira de cabeça para baixo, pois o relacionamento perfeito de Sarah está indo por água abaixo enquanto Laurie está prestes a se casar.

Os anos vão passado e vamos acompanhando o quanto o destinho brinca com as pessoas, o quanto a verdade precisa ser dita na hora certa e o quanto uma amizade vale. Um romance que te faz pensar  se você deve escolher entre o Amor ou a Amizade, sendo que toda escolha existe uma renuncia. 


UM CLICHÊ AMORZINHO!

Foi um livro que mesmo diante do clichê proposto me deixou querendo mais e mais, achei que o final poderia ter sido algo mais explorado pela autora, mas mesmo assim ainda foi uma leitura gratificante.Foi meu primeiro contato com a escrita da autora  e havia muito tempo que eu não colocava expectativas em cima das minhas leituras, por que andava me decepcionando muito, mas esse livro como eu citei acima já estava me deixando doida antes mesmo de fazer a leitura e felizmente a autora supriu todas as minhas expectativas.


Laurie é uma personagem encantadora e vi que algumas pessoas há julgaram, mas eu entendo completamente sua posição, imagina  você virar para sua amiga sabendo que ela está super apaixonada pelo namorado e  falar que ele é o homem que você estava procurando esse tempo todo. Ela foi muito forte em suas decisões,  por mais que eu discorde totalmente como uma das atitudes que ela fez ao longo do livro. Senti nela uma mulher que tinha alma de menina e que foi crescendo e  ganhando voz ao longo do enredo. Tinha hora que eu achava que ele viva muito nas sombras da Sarah.

Jack foi um personagem que me agradou muito, mas por diversas vezes achei ele sem estimulo algum. Ele sabia o tempo todo o que queria, mas por algumas vezes preferia mascara isso com um ar meio arrogante. Mesmo assim se tornou um personagem querido, pois assim como Laurie vi seu amadurecimento até por que acompanhamos os personagens desde a casa dos vinte anos até a casa dos trinta . 

Os personagens secundários abrilhantam a trama de um jeito carismático, a Sarah é uma personagem amorzinho da vida, entendo muita das coisas que ela passou e principalmente a necessidade de querer que sua melhor amiga seja melhor amiga do seu namorado. O namorado/ marido da Laurie também foi um homem dócil que me ganhou de imediato com o seu carisma e bom humor, já a sogra de Laurie nunca desceu é uma mulher cruel que não acha que ela seja digna de está ao lado de seu filho.

O enredo é muito bom, algumas partes eu acho que poderiam sim ser mais exploradas, acho que deixaria o leitor mais sedento. Outra coisa que vale a pena ressaltar é que alguns anos passam rapidamente no livro então isso é bom e ruim ao mesmo tempo, por que tem vez que você quer saber mais sobre aquele ano e fica meio a deriva. A leitura é rápida  e totalmente fluida,eu que li mais devagar por que eu não queria que o livro acabasse, pois  estava tudo muito bom. 

 O livro é narrado pelo ponto de vista da Laurie e do Jack, eu particularmente amo esse tipo de narrativa.A escrita da autora é maravilhosa, sério ela cria situações cotidianas fáceis de serem identificadas. Temos situações engraçadas e situações que te colocam para pensar. O modo como a amizade de Sarah e Laurie foi criada  foi algo maravilhoso. Os diálogos são bem joviais o que na minha opinião aproxima o leitor do enredo.  A parte gráfica está a coisa mais linda, começar por essa capa que eu babei nela por horas por que está muito linda, a diagramação então nem se fale. 

Em suma é um livro para quem ama o bom e velho clichê com uma dose boa de risadas!




13 comentários:

  1. Tudo bem?
    Esse eu também li, porém não fiquei feliz.. DETESTO "amor miojo", não acredito e muito menos aprecio amor instantâneo em histórias. Sorry! Apesar disso o enredo trás alguns pontos legais e uma trama envolvente.. Mas não foi uma das melhores leituras que eu fiz esse ano. Me decepcionei um pouco com o lance do amor.. Mas no fim a autora entregou uma trama que irá agradar aos amantes de romances fofos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa do livor lindo e quando começaram a falar dele, pensei em ler por causa do clima de fim de ano. Acabou que não li e não sei realmente se o enredo funcionaria pra mim com esse insta love tão forte. Mas vou guardar a dica , quem sabe em outro momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu amei esse livro! Adoro um clichê que me surpreende assim... E eu adorei que o tempo passa rápido, assim a leitura não fica presa só em um momento e conseguimos de forma dinâmica saber os acontecimentos e vida de cada personagem;
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, nem a autora. Gostei bastante da premissa e não achei clichê não... Fiquei realmente interessada em saber como a protagonista vai lidar com essa situação tão complicada! Obrigada pela dica =)

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Amei sua resenha, adoro chuches e esse me parece um filme que amei assisti.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bia.
    Ainda não conhecia esse livro, mas já fiquei encantada!
    Adoro esse tipo de romance clichê gostoso e não vejo a hora de descobrir qual é a escolha deles!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    A capa nos dá uma ideia de uma leitura bem amorzinho. Estou curiosa para conhecer mais desses personagens.
    Acredito que o enredo vai me satisfazer, pois adoro um clichê.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu não sou muito de ler romances, mas acho que uma história fofa de vez em quando não faz mal, ainda mais com o Natal de pano de fundo. Não gosto muito da ideia da protagonista fazendo algo que termine o namora da amiga e colega de quarto, mas acho que se for fofo como todos vêm falando, vale a pena a leitura! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia,
    Estou curiosa para ler esse livro, justamente, pela forma clichê como a história se desenvolve.
    Gostei muito de você ter gostado dessa leitura e de indicá-la também.
    Sobre amor à primeira vista: eu não acredito muito nisso, mas acho que pode acontecer com algumas pessoas, só não comigo rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Bia!
    Ai, adoro um clichê <3 e confesso que, com tanta coisa difícil acontecendo em tudo e com todos, as histórias com instalove andam pegando uma parte do meu coração - e se tiver final feliz garantido, mais ainda haha Li essa belezinha perto do Natal e foi uma das melhores leituras do meu final de ano porque mesmo com as ressalvas de certas cenas, como você bem apontou, a autora conseguiu prender e encantar durante todo o tempo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem? Eu estava bem animada em ler esse livro até que comecei a ver comentários bem negativos sobre ele e acabei desanimando, gostei de saber que o livro não é tão ruim assim e apesar do final q poderia ter sido melhor desenvolvido parece ser bom
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem Bia?

    Nós recebemos esse livro do Grupo Editorial Record e a minha namorada super adorou como a forma clichê foi desenvolvida. Eu particularmente acho essa capa muito bonita. Gostei da sua resenha e sinceridade sobre a obra. Parabéns pelas fotos, ficaram lindas!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Oi, eu tenho certo receio de histórias que se passam num período muito longo de tempo, mas acho interessante a questão abordada no livro, a dúvida entre amizade ou amor. Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir