15 de fevereiro de 2019

{ SÉRIE: You }

         

Titulo: You
Original Netflx
Temporadas: Uma
Episódios:10


Oi oi, meus queridos Leitores.
Tem tempos que eu não falo sobre série aqui, né? Inclusive pretendo fazer isso mais vezes já que agora elas fazem parte da minha vida. Hoje vou falar que uma série que é um pouco polêmica, mas que eu fiquei totalmente vidrada nela e me vi presa um dia todo no quarto assistindo e só sai do quarto quando acabei.


Beck é uma estudante que está em busca do seu sucesso no ramo das poesias. Ela precisa de uma bolsa integral na faculdade, pois só assim consegue manter o apartamento em que vive. Ela faz de tudo para se enquadrar ao padrão de vida de todas as suas outras amigas, mas ela sabe que está longe disso. Suas amigas são totalmente o oposto delas, não no quesito beleza, mas sim no quesito financeiro, todas são bem de vida, já Beck não tem praticamente nada.

Joe é um gerente de livraria muito inteligente. Sempre muito competente em sua profissão. Um cara aparentemente tranquilo e de poucos amigos. Um dia uma mulher entra na livraria e chama sua atenção então ele começa a fazer a leitura dela mentalmente,  o que cada coisa que ela faz reflete e até mesmo analisando o que suas roupas diziam. Eles acabam conversando um pouco enquanto ela passa no caixa e isso desperta nele um interesse de conhecer um pouco mais sobre a vida dela então ele começa a segui-la de uma maneira nada convencional. Com isso ela já sabe  com quem ela se relaciona, seu ciclo social e coisas que ele nem deveria saber.

Um dia em que ele está a seguindo ela está bêbada na linha de trem e fica chamando o tempo todo o nome de um caral no qual ela se relaciona. E em um momento ela se desequilibra e cai nos trilhos do trem e o mesmo está quase chegando perto dela, então Joe pula e a salva e nesse momento ele pega o celular dela e é nesse momento que ele invade mais ainda sua privacidade, sabendo de suas conversas intimas e até mesmo de seus compromissos.

Com o tempo eles vão ficando cada vez mais próximos, Joe diante de Beck é uma pessoa totalmente tranquila e amorosa, mas ela não conhece o caráter maniaco e sombrio que ele esconde. Cada dia que passa eles estão mais próximos e como sempre Joe está sempre a um passo a frente de Beck. Ele começa a esconder coisas delas e nesse meio tempo eles começam a se relacionar. Porém situações estranhas começam acontecer na vida de Beck e ela começa a se questionar sobre tudo que está acontecendo ao seu redor. Será mesmo que isso vai dá certo? Um homem totalmente  obcecado por uma mulher que está disposto a tudo por ela e uma mulher que não faz a minima de onde se meteu.

   

INTRIGANTE!



Como estava um fervor e todo mundo na blogosfera falando sobre essa série eu resolvi assistir, mesmo diante do receio que tenho de ver ou ler algo que está sendo muito comentado por que sou uma pessoa do contra, resolvi assistir e  tive uma surpresa enorme quando me deparei com um enredo totalmente envolvente que me deixou presa dentro do quarto por quase um dia todo.

O enredo que nos é imposto é algo que não está muito longe da nossa realidade e de certo modo nos coloca em alerta de como as redes sociais mostram mais do que imaginamos sobre nossa vida. Temos aqui uma mulher que por diversas vezes tem necessidade de postar coisas na internet e como hoje em dia é fácil conseguir informações vemos como elas foram entregadas praticamente de mão beijada pra Joe. E isso me levantou muitas questões. Eu sou bem reservada em minha vida ainda mais em redes sociais pelo fato de ter uma filha pequena morro de medo dessas coisas. E vendo essa série vi o quanto muitas informações estão a merce de muitas pessoas sem ao menos termos um consentimento de quem tem acesso a elas.


Beck foi uma personagem que eu não sei se amo ou se a odeio. Ela faz de tudo para ter o status social das suas amigas e acaba se endividando por isso. Ela é bem ingenua por diversas vezes ao longo do enredo e se acha forte. Mas tem horas que eu a adorava principalmente quando ela acordava para vida e dava uma resposta a altura ou se comportava como uma adulta. Em diversas situações a achei totalmente imatura, fútil e sem personalidade.



Joe e um personagem que mesmo sendo o  louco consegue ganhar o telespectador de uma maneira que só jesus. O ator também se doou de corpo e alma para esse papel. Ele é uma pessoa totalmente calculista e inteligente. Sempre está há um passo na frente de todo mundo.Muitas pessoas compreenderam que o Joe é uma pessoa que precisa de tratamentos psiquiátricos e de certo modo conseguimos compreender o que ele faz e também temos a decência de saber que nada que ele fez tem justificativa . Ele é um personagem que você quer sempre saber mais dele. Uma coisa que eu vi várias pessoas falando é que não conseguiram tomar raiva dele, bom eu não sei, por que eu achei algumas coisas bem bizarras, mas creio que muitas pessoas não tomaram raiva por que compreendiam que na cabeça de Joe ele estava apenas protegendo a Beck de pessoas que não deveriam estar em sua vida.


A série foi muito bem trabalhada. As cenas, a trilha sonora, a personalidade de cada personagem e a ambientação. Essa série vicia e a cada episodio você quer saber mais e mais sobre tudo a sua volta. Foi uma jogada maravilhosa  algumas coisas que acontecem aqui. O enredo prende e você se vê uma louca. Vi muitas pessoas que torceram pelo Joe eu não acho certo nem errado estou totalmente neutra quanto a isso. Essa série serve para nos mostrar o quanto estamos vulneráveis diante das redes sociais, que as vezes nos expomos demais sem necessidade apenas para conseguirmos um status, likes e curtidas.



As cenas mexem com a cabeça do telespectador por que de certa forma você fica intrigado com a capacidade de Joe e manipular muitas coisas. Chega uma certa hora que você já nem sabe em quem confia, por que quem tem a boca maior engole o outro.Uma coisa que me deixou louca foi o final, meu deus eu estou louca para a segunda temporada.

Em suma é uma série maravilhosa que aborda temas atuais, por mais que tenha cenas pesadas vale muito a pena entrar dentro da cabeça do Joe.


13 de fevereiro de 2019

Resenha - Rebelde e Um Mundo Novo



Titulo:  Rebelde e Um mundo novo
 Autora:  Nora Roberts
 Editora:  Harlerquin
Páginas: 320
 Sinopse:AS MULHERES MACGREGOR SÃO CONHECIDAS PELO TEMPERAMENTO EXPLOSIVO E POR SEREM DESTEMIDAS, TEIMOSAS E LINDAS! MAS ELAS TAMBÉM SÃO APAIXONADAS E LUTARÃO ATÉ O FIM POR SUA FAMÍLIA E PELOS HOMENS QUE AMAM. 
No século XVIII, uma época em que combates sangrentos eram travados em nome da honra, as mulheres MacGregor passaram por muitas dificuldades para defender sua família. Em meio a tudo isso, duas integrantes do clã se destacam. Serena MacGregor acaba se envolvendo com um suposto inimigo, o inglês Brigham Langston. Encontrar dentro de si o que será necessário para viver esse amor exigirá muita coragem... mas isso é algo que Serena tem de sobra. 
Anos depois, o jovem soldado Ian MacGregor se vê à beira da morte e acaba encontrando Alanna Flynn, que além de salvar sua vida o ensinará que, às vezes, as maiores batalhas que enfrentamos são aquelas que ocorrem em nossos corações. Em Rebelde e Um mundo novo, Nora Roberts nos encanta com o passado da família MacGregor, mostrando que, independentemente dos lados no campo de batalha, quando se trata de amor ele sempre vencerá.



Olá meus leitores queridos,
Estou aqui para falar desse livro, que foi o primeiro que li da autora, e que me surpreendeu positivamente.



"A vida, milorde, pode ser terrível, como os ingleses costumam provar"


Serena MacGregor carrega consigo as lembranças de um passado obscuro que a sua família teve, e tudo por causa dos ingleses. Ela então cresceu cultivando esse ódio, repugnância e desprezo por esse povo. Ela é a filha, mulher, mais velha da família e se vê na obrigação de cuidar da casa enquanto seu pai luta na guerra.

Depois de um tempo sem ver o irmão mais velho, Coll MacGregor, ele retorna à casa com um convidado que fará Serena repensar bastante sobre todas as suas crenças, tentando fazer o seu coração falar mais baixo que a razão. Isso se dará porque o convidado, Brigham Langston, é um inglês!!


"- Eu não lhe dei permissão para me tocar.

  - Eu não pedi permissão - puxou-a para mais perto - Nem irei - ele levou as mãos aos lábios, lhe beijando os dedos suavemente - Nem precisarei."




Como já havia dito, esse foi o primeiro contato que tive com a autora e já adorei de cara!!

Adorei o fato dela trazer uma família, a MacGregor, recheada e mulheres fortes e com personalidade,  o que era bem raro naquela época, foi muito interessante ver como a personagem principal, Serena, lidou com o amor, que até então era um sentimento totalmente novo para ela.

Ao mesmo tempo em que algo, totalmente novo, a dominava por completo, as amarras do passado não a deixavam seguir em frente. A autora criou laços familiares incríveis que foram essenciais no decorrer da trama e me deixou envolvida por cada personagem secundário do livro.

E além de todo o romance, que eu AMO, a autora trouxe um fundo político da época que eu não conhecia, mas adorei! Sem falar que me trouxe diversas emoções... o final entao?! estou sem saber superar até agora