15 de maio de 2019

Série: Jane The Virgin



Oi oi, meus queridos Leitores.
Hoje vim falar de uma série que eu não sei por que demorei tanto tempo para assistir, sério estou me odiando. Jane the Virgin, lembro de quando ela lançou e se não me engano passava em um dos canais da TV fechada, era soltado capítulos semanalmente e mesmo com uma curiosidade enorme diante da premissa da série deixei pra la. Esses dias olhando algumas opções no netflix me deparei com Jane e falei  agora vai comecei a assistir sem nenhum pretensão e quando percebi já estava devorando a série sem ao menos conseguir dormir. Vamos conhecer um pouco mais sobre a história de  Jane a Virgem


Jane é uma jovem muito esforçada, trabalha em um hotel como garçonete  para ajudar em casa e na faculdade. Ela mora juntamente com sua mãe e sua avó. Quando Jane era mais nova sua avó lhe entregou uma rosa branca e pediu para que ela apertasse forte a rosa na mãe e vesse o que acontecia. Quando Jane abriu a mão a rosa estava toda feia e destruída e sua vó falou que era a mesma coisa que aconteceria com ela caso ela perdesse a virgindade antes do casamento

Jane então usou isso como um mantra, resolveu ficar virgem até  o seu casamento. Ela namora Michel um detetive  que ama ela mais que tudo nessa vida e é um cara de bem que toda sua família ama. E ele não vê a hora de casar com a Jane. O sonho de Jane era se formar na faculdade e ser escritora.  Jane é apaixonada com um ator de novela na qual ela e sua família são viciadas.


Em um dia tranquilo em seu serviço Jane avista Rafael, um homem no qual ela havia beijado anos atrás e que teve uma paixão platônica por ele durante um bom tempo e fazia muito tempo que ela não o via e para sua surpresa maior ele era o dono do hotel que ela trabalha e para piorar a situação ele estava lindamente casado com a Petra.






















Jane então vai a ginecologista, mas ao chegar lá acaba sendo inseminada, mas até então ela não sabia, A médica só percebe o erro quando chega na outra sala e percebe que sua cunhada Petra está esperando para ser inseminada. Eis então que Luíza percebe a burrada que fez ela inseminou com a última amostra de sêmen do irmão uma mulher que não era sua esposa. Luíza simplesmente se agarrou na probabilidade da inseminação de Jane ter dado errado.


Passam-se uns dias e Jane passa mal no ônibus e é levada há um hospital. Chegando lá o enfermeiro informa que ela está gravida. Ela e sua mãe olha para cara do enfermeiro e sorri, perguntando como ela poderia está gravida se ela é virgem? Então para não ter erro ele repete o teste na frente delas. Jane super assustada liga para Luíza que pede que ela vá até seu consultório. Chegando lá Luiza conta toda verdade para Jane e explica que ela a inseminou acidentalmente com o esperma do Rafael.


A vida de Jane vira de cabeça para baixo, pois ela nunca imaginou ser mãe. Teria que contar para o seu noivo que estava gravida, mas que ainda era virgem, teria que ter contato com o Rafael. E no meio dessa confusão toda Jane acaba conhecendo seu pai e leva o maior susto ao descobri quem ele é.


Vamos então convivendo com Jane, Michel e Rafael. Vamos passando por todas as incertezas da maternidade, as dificuldades e o acolhimento da família.  Com quem sera que Jane vai ficar?



É um série que equilibra desde o bom drama mexicano até o bom suspense de Hollywood.

AMEI COM TODAS AS FORÇAS!

Como eu havia dito me culpei demais por não ter assistido antes, confesso que por algumas vezes quis lagar a série por alguns motivos que vou citar a seguir, mas que nem eles foram suficientes para me fazer querer parar.


Aqui temos um plano familiar maravilhoso e acho que isso trás toda grandeza a série, pois de certo modo não são uma família tradicional, vivem dentro de costumes e pregam a fé, mas também vemos o outro lado, como por exemplo: A Jane é super religiosa e o Rafael não, em momento nenhum Jane tenta por a sua fé nele, eles se respeitam e isso é muito interessante.

















Jane: É  uma personagem que te mata de rir, por que vemos os pensamentos dela e tenho que tirar  chapéu para ela, por que passou por pouca e boas e quando foi mãe ela virou aquela mãe leão. O que eu não gosto na Jane, mas que mesmo assim ainda compreendo é o lado dela de querer ajudar todo mundo e acabar piorando as coisas no final. E por muitas vezes ela julgou sua mãe sem perceber que ela estava errada, assim como fez com as demais pessoas. Mas acho que isso é fraqueza de todo ser humano, achar que está ajudando sendo que na verdade era melhor deixar como está. Assim como Jane fui mãe nova e pude me identificar com várias incertezas que ela teve então isso me fez gostar muito mais dela.


Rafael é um personagem que você vai conhecendo e amando aos poucos, muita gente acha que ele é apenas o riquinho mimado, mas poucos realmente sabem ao fundo o que ele já passou. Ele é um mega pai e eu fiquei boba como ele sempre coloca os filhos em primeiro lugar, não que os homens não façam isso, mas o jeito que ele faz foi algo emocionante. Ele tem suas qualidades e defeitos, mas mesmo assim é um homem de bom coração que está disposto a fazer tudo por aqueles que amam.


 Michel ele é um amorzinho as vezes chega ser até bobo de tão calmo, mas é um personagem que sempre tenta pregar a paz e é apaixonado pela Jane. Sua vida como policial é bem agitada, mas nem por isso ele deixa Jane de lado. E quando a coisa aperta ele sempre quer está ali do lado dela para o que der e  vier. Ele foi maduro o suficiente para encarar a situação de peito aberto.


Mãe da Jane é uma figura, pois ela é uma jovem presa no corpo de uma mulher que já é avó,  ela tem sonhos e ela quer vive-los e uma das coisas que me deixava chateada era que as vezes sem perceber a Jane desmotivava a mãe e logo ela que sempre a apoiou em tudo. A  Vó
 da Jane é outra que nos mata de rir com as situações e que quando vamos descobrindo a história dela começamos a entender o por que dela se tão rigorosa em algumas coisas com a mãe e com a filha.  Petra  é a  esposa/ ex-esposa do Rafael, que nos temos um mix de amor e ódio por ela, mas que no fim você  só quer abraça-la.



Todos os personagens trás consigo uma história que vamos conhecendo aos poucos e começa ser compreensível as atitudes. Temos cenas de ação que ficamos com o coração na mão. E pela primeira vez em um triangulo amoro eu não sabia para quem torcer por eu achava que ambos merecia a Jane, e teve algumas vezes que eu achava que era ela quem não merecia eles. A Série é cômica, nos faz pensar em diversas situações e o melhor de tudo nos faz identificar e querer fazer parte daquela loucura que é a família Villanueva . Estou assistindo a quinta temporada que ainda está sendo colocada aos poucos e espero amar essa última temporada, pois eu amei a série com todo meu coração.



Em suma é uma série que talvez de inicio você não dê nada, mas quando percebe já não consegue parar de assistir e já está fazendo parta da família Villanueva.